quarta-feira, 6 de abril de 2011

UM STREAMLINER DOS ANOS 40


Norman Tibbs projetou muitos dos carros bem-sucedidos na pista de Indianápolis. Em 1946 começou a fazer à mão um carro esportivo qque terminou em 1948, claramente inspirado nos projetos dos Auto Union e Mercedes feitos para correr na pista alemã de AVUS, onde chegaram a 400 km/h... O carro de Tibbs tinha o motor instalado atrás do cockpit apertadinho em um carro enorme, coisa bem de americano. Era uma bom Buick oito-em-linha de comando no bloco e válvulas no cabeçote com 4.200 cm³, tirado de um Buick Super. Na versão original produzia 140 cv, o suficiente para levar o carro de 1.000 kg a 200 quilômetros por hora.


O detalhe é que a carroceria custou 8.000 dólares, mais do que um Rolls-Royce Silver Dawn da época. O carro todo custou US$ 10.000, talvez graças a simplificações como a suspensão de Ford 46 na frente e atrás. Afinal não era pra fazer curva mesmo...mas o carro é um sopro de beleza em um  mundo na América que acreditava em maior é melhor e toneladas da cromo... Chegar em algum lugar com esse carro em 1950 era como chegar com uma nave espacial, ainda mais se o escapamento for bem-feito, pois esses Inline Eights Buick faziam música...







6 comentários:

CAVA disse...

Do ano em que nasci?!!... Só podia ser coisa de outro mundo.
ps: carro é o escambal, automóvel !!!

Felipe disse...

Eu conhecia as linhas stream line mais dos onibus dos carros nao tinha visto ainda, simplesmente marvilhoso esse carro.

Anônimo disse...

É impressionante!

Zé Rodrigo disse...

Acho muito bonito.
Bem que voce disse de onde ele pegou a inspiração para este seu Streamline :-)

Eugenia Kos disse...

Um carro apropriado para Roger e Jessica Rabbit! Lindo e exótico!

wilson welco disse...

Eugênia, seu comentário foi preciso!!! Aparentemente, nem eu, nem Zé Rodrigo, nem Zé Mahar poderíamos dirigi-lo por razões, digamos, de capacidade cúbica interna...o que é uma pena!!! Talvez o Cava coubesse lá dentro.