domingo, 31 de agosto de 2014

ERRATA: RALLY DOS SERTÕES

Rally dos Sertões: Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin terminam em segundo
A família Varela teve bom desempenho no Rally dos Sertões: Reinaldo terminou em segundo na Geral e entre os Carros, Gabriel foi terceiro na Quadriciclos, e Rodrigo foi sétimo na UTV.
Não bastou a dupla Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis / Itamotors / AryCom) vencer o Prólogo e cinco dos sete dias do Rally dos Sertões 2014. Mesmo tendo comemorado a vitória ao final da Especial de sábado (30/8), com 336 km entre Diamantina e Belo Horizonte, em Minas Gerais, cerca de quatro horas (16h10) depois do encerramento da prova foi anunciado que Guilherme Spinelli/Youssef Haddad foram declarados campeões, pois o Diretor de Prova encurtou a Especial no km 137, em virtude de acidente, prevalecendo o tempo dos competidores pelo último controle de roteiro, antes do local da interrupção.

Ao completaram a prova que largou em Goiânia (GO) no último domingo (24/8), Varela/Gugelmin tinham acumulado 17h53min10s depois de 2.679 km de competição, 1min37s de vantagem sobre Christian Baumgart/Beco Andreotti, que seriam os segundo colocados. No entanto, com o encurtamento da Especial, naquele momento Spinelli/Haddad completavam 17h06min43s, enquanto Varela/Gugelmin tinham 17h08min38s, o que dava uma vantagem de 1min55s para os vencedores.

"Perdemos. Não importa se o regulamento está certo ou errado, mas era o que estava escrito. Fizemos um bom rali, aceleramos forte o tempo todo e só temos que agradecer e elogiar a eficiência da Divino Fogão Rally Team", declarou o piloto bicampeão mundial com 32 anos de experiência no rali, já tendo disputado 335 corridas.

Mais jovem (19 anos) competidor do Rally dos Sertões, Gabriel Varela (Divino Fogão/Can-Am) teve outro bom resultado na categoria Quadriciclos, completando a última Especial em segundo, e terminando o seu primeiro Rally dos Sertões na terceira posição na classificação Geral.

"Foi um bom resultado, ajudado pela confiabilidade do Can-Am Renegade, que não teve nenhum problema durante a prova", comentou o líder dos Campeonatos Brasileiro de Baja e Rally cross Country.

Rodrigo Varela e João Arena (Divino Fogão/Can-Am/Bike Box) estavam na briga direta pelo título da categoria UTV, e como outros favoritos, sofreu uma avaria no último dia e não completou a Especial. Com isto, ficaram apenas na sétima posição na classificação final.

"Acontece. Mostramos a nossa força e estivemos sempre competitivos, andando entre os três primeiros. Vamos pra próxima", disse Rodrigo Varela.

Confira os cinco primeiros do 7º e último dia (extra-oficial):
Carros - 1) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin, 52min49s; 2) Christian Baumgart/Beco Andreotti, 53min04s; 3) Guilherme Spinelli/Youssef Haddad, 54min07s; 4) Marcos Baumgart/Kleber Cincea, 55min03s; 5) Jorlei Jr/Maykel Justo, 58min03s.

Quadriciclo - 1) Rafal Sonik, 1h49min25s; 2) Gabriel Varela, 1h52min41s; 3) Robert Nahas, 1h54min16s; 4) Nei Costa, 1h55min41; 5) Diogo Zonato, 1h56min57s.

UTV - 1) José Hélio/Edmilson Camargo Jr., 1h52min11s; 2) Carlos Ambrósio/Cadu Sachs, 1h56min17; 3) Fábio Campos/Sérgio Avallone, 1h57min16s; 4) Vinícius Mota/Rafael Shimuk, 2h01min54; 5) Leandro Torres/Idali Rodrigues Filho, 2h03min22s; 17) Rodrigo Varela/João Arena.

Confira a classificação final (extra-oficial) do Rally dos Sertões:
Carros -1) Guilherme Spinelli/Youssef Haddad, 17h06min43s; 2) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin, 17h08min38s; 3) Christian Baumgart/Beco Andreotti, 17min09s11s; 4) João Franciosi/Rafael Capoani, 18h26min40s; 5) Jorley Jr./Maykel Justo, 18h54min09s.

Quadriciclo - 1) Robert Nahas, 20h38in09s; 2) Rafal Sonik, 21h01min04s; 3) Gabriel Varela, 21h34min53s; 4) Tom Rosa, 22h43min18s; 5) Rodolfo Brito, 23min49s34s.

UTV - 1) Vinícius Mota/Rafael Shimuk, 22h27min12s; 2) Henrique Gutierrez/Weidner Moreira, 22h49min20s; 3) Elson Cascão II/Cláudia Grandi, 23min06s24s; 5) Leandro Torres/Idali Rodrigues Filho, 23h35min52s; 7) Rodrigo Varela/João Arena, 28h17min07s.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin tem o apoio de Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis / Itamotors / AryCom.

Curta www.facebook.com/DivinoFogaoRallyTeam

O NOVO CARRO DE TONI BIANCO

sábado, 30 de agosto de 2014

VARELA E GUGELMIN VENCEM O RALLY DOS SERTÕES 2014





Rally dos Sertões: Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin são os vencedores de 2014
Vitória dramática veio no última dia, após vencer o Prólogo e 5 das 7 Especiais
Terminou na tarde deste sábado (30/8) a 22ª edição do Rally dos Sertões, com vitória da dupla Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis / Itamotors / AryCom) na categoria T1 FIA e na classificação Geral. Eles completaram a prova que largou em Goiânia (GO) no último domingo (24/8) em 17h53min10s, 1min37s de vantagem sobre Christian Baumgart/Beco Andreott, depois de depois de 2.679 km de competição.

Bicampeão mundial (2001/2012) de rally cross country, Reinaldo Varela vence pela segunda vez na Geral - a primeira foi em 2000 - o segundo rally mais importante do mundo, além de alcançar a sétima vitória por diversas categorias (98, 99, 2000, 2007, 2008, 2012, 2014).
Haja coração. Foi um Rally dos Sertões com muita emoção, do começo ao final. Depois do sufoco que passamos no segundo dia, aceleramos muito forte, e hoje andamos até em duas rodas. E no final ainda pegamos um caminhão de leite subindo devagarzinho num trecho bem estreito, que não dava para ultrapassar, e andamos um bom tempo atrás dele, até a organização tira-lo da estrada. Foi outro sufoco, mas Deus foi justo conosco, porque trabalhamos muito por esta vitória. Obrigado para todo o Divino Fogão Rally Team", agradeceu o piloto, que alcançou a sua 11ª vitória em 335 corridas nestes 32 anos.

Esta foi a primeira vitória de Gustavo Gugelmin na classificação Geral do Rally dos Sertões, que já havia vencido em 2012 na categoria Pró-Brasil, no mesmo ano em que foi navegador de varela na conquista do Mundial. "A gente veio no capricho! Era tudo ou nada. Aceleramos tudo acreditando que dava para descontar os 3 minutos. Quando terminamos a Especial, fizemos a contagem no cronômetro e foi eletrizante. É uma vitória para ficar na história, pois começamos o último dia com os três primeiros em condições reais de vencer. Foi um páreo duro, um dos Sertões mais disputados nestes 22 anos da prova", comemorou o catarinense.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin tem o apoio de Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis / Itamotors / AryCom.

Curta www.facebook.com/DivinoFogaoRallyTeam