terça-feira, 31 de dezembro de 2013

A HISTÓRIA DO UNIMOG







CADILLAC, UMA LONGA HISTÓRIA...

UM RALLY NO FIM DO MUNDO: MAD DOGS & ENGLISHMEN

 clique aqui para ver as ftos do Rally:
http://www.endurorally.com/pages/vintage-cape-horn-rally-20

O Rally Vintage Cabo Horn é mais uma das doideiras rodoviárias boladas por ingleses que acreditam ser a ultima aventura que se pode ter com um veículo é ir para o fim do mundo com um exemplar dos anos 20 ou 30 e ver que $#%& dá....
A rota sai de Buenos Aires, vai a Mendoza, passa para o Chile pelos Andes e vai até Bariloche e depois Esquel e Ushuaia. São 20 dias para percorrer 6.000 km. As etapas mais fortes são dois dias de 600 km seguidos por um dia de descanso cada um. 
Há dois tipos de rota: uma Medal de regularidade pura e dura, com estradas de terra e outra de turismo toda de asfalto. As médias são de 80 km/h. o que pode parecer fácil mas não é...
Eu já andei por essas bandas e tudo  é muito bonito, vale cada km. Os 50 carros tem muita coisa dos anos 30 com um bando de Cupecitas Chevrolet 38 como Fangio usava para correr, uma incrível picape Ford 47, um belo Buick 39, vários Bentleys e um Citroen 39 com carroceria Rosengart . Além disso os usuais Mercedes SL e Mustang. Uma bela aventura resumida em uma compilação de fotos bem feita. Curta também o site, bem completo.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

O MENINO E O TREM...

O EDITOR DESSE BLOG DE MEIA TIGELA É UM SENTIMENTALOIDE QUE FICOU EMOCIONADO PELO ENCOTRO DO MENININHO COM O CONDUTOR, MESMO QUE EM UM VÍDEO PATROCINADO PELA "ACQUA NERA DELIMPERIALISMO IANKI"... QUE DEVE TER AJUDADO MUITO A VELHA FERROVIA A SE MANTER A PLENO VAPOR...

MUSEU FERROVIÁRIO NA PENSILVÂNIA

Pennsylvania Railroad Museum fica no tranquilo Condado de Lancasteer. Lá existem mais de 100 locomotivas e vagões datados do Século 19 e 20, restaurados e não restaurados. Veja o site em http://www.rrmuseumpa.org

domingo, 29 de dezembro de 2013

OS 90 ANOS DE NISSAN

A FESTA NA SEGUNDA FEIRA PASSADA NO JAPÃO



PORQUE LIMITADORES DE VELOCIDADE MATAM

Quando se valia a manobra para segurar um semi reboque com um pneu dianteiro firado ou mesmo um automóvel deve-se acelera para manter a direção de rolamento na nova situação e ganhar tempo para controlar o bicho gradualmente. Este filme da Michelin exolica como com a narração do Campeão da NASCAR Benny Parsons. Mesmo que você não fale inglês preste em atenção nas imagens e compreenderá. o limitador pode impedir de acelerar o Diesel do caminhão, e aí fica o perigo


sábado, 28 de dezembro de 2013

QUEM NÃO PODE COM MANDINGA NÃO CARREGA PATUÁ...

Ativistas dos Direitos Animais Protestam em Encontro de Motociclistas e Levam a Pior.

Um belo encontro entre dois grupos diferentes! Essa não dá pra perder, tente não rir! KKK!
É por isso que geralmente ativistas dos direitos animais protestam contra mulheres vestindo peles em vez de motociclistas vestindo roupas de couro . Parece-me o velho ditado “você mexe com o touro e você terá os chifres”.
Johnstown , PA ( GlossyNews ) – A polícia local e estadual vasculhou as colinas da zona rural de Johnstown, Pensilvânia, depois de relatos de três ativistas dos direitos animais terem desaparecido após a tentativa de protestar contra o uso de couro em um grande encontro de motociclistas neste fim de semana .
” Alguma coisa deu errado”, disse um organizador do protesto, ainda visivelmente abalado.
“Algo deu horrivelmente, terrivelmente errado.”
Um grupo de ativistas dos direitos dos animais estava supostamente  jogando sangue falso e gritando palavrões para mulheres mais velhas que vestiam roupas de couro ou casacos de pele, na esperança de mostrar-lhes a indignação com a utilização gratuita de couro em suas roupas e assentos de motocicletas.
Em fato, disse o organizador:
“Gangues de motociclistas são dos maiores abusadores do uso de couro e decidimos que era tempo de eles saberem que não estamos de acordo, eles devem parar!”.
De acordo com testemunhas , os manifestantes chegaram ao evento em um veículo Van 1960 e começaram a jogar nos membros do encontro de motocicletas balões cheios de água de cor vermelha , simulando sangue, e gritando:

“-Vocês são assassinos!”

AS INTIMIDADES DA INJEÇÃO...

AGORA NO SMARTPHONE:




Isto é uma app chamada Shadow Dash para Android ou Tablet feita por uma firma chamada EFI Analytics. Ela permite que você se conecte por Bluetooth ou USB o seu Smartphone à sua Megasquirt com vários painéis, como se vê no vídeo, ou recolher dados do motor sem limite de tamanho de arquivo. Tava demorando...



sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

A HISTORIA DO REVOLUCIONÁRIO AMC PACER

Aqui em baixo temos uma história em víde o de um carro revolucionário feito nos USA, o AMC Pacer. como diz sua publicidade, era para ser um carro curto e largo, mais ou menos no estilo do Ford Ka, mantidas as proporções, claro. foi projetado para receber um motor do tipo Wankel feito pela GM, que às vésperas do lançamento desistiu citando todos os problemas que a Mazda qquase conseguiu resolver ao longo dos últimos 30 anos com seus carros impares. mas quando a AMC teve que se segurar na  trincha pois tiraram a escada. eles se viram com um  carro nas mãos que era projetado para ter um motor que era do  tamanho de dois a tres alternadores. tal é a proporção de um Wankel.

PROTEÇÃO A TODOS OS OCUPANTES


Por Fernando Calmon

Até o momento o grande foco dos programas de avaliação de segurança de carros novos tem sido a proteção aos ocupantes dos bancos dianteiros. Motorista e passageiro estão realmente mais expostos em acidentes, além de a frequência de passageiros no banco de trás ser bem menor. Em uso urbano, por exemplo, a média é de apenas 1,5 ocupantes por carro, ou menos. Em estradas, mal alcança duas pessoas por veículo na maioria dos países, salvo em viagens e feriados.
Nos testes de colisão em laboratórios, há dois dummies (bonecos com sensores) que simulam crianças, de oito meses e três anos de idade, no banco de trás. A avaliação, basicamente, é dos sistemas de retenção dos bancos infantis e robustez de fixação. Em breve, o Euro NCAP (programa europeu de avaliação) adotará dummies que utilizam assentos de elevação para crianças até 7,5 anos de idade e também bonecos que reproduzem adultos.
Segundo a TRW, fabricante de cintos e airbags, “a segurança de passageiros no banco traseiro não pode ser considerada menos importante do que a dos ocupantes dos bancos dianteiros. Testes de impactos frontal, lateral e traseiro, nos próximos anos, exigirão soluções inovadoras.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

TEMPO DREIRAD

OBSERVE COMO O CONJUNTO MOTOR GIRA JUNTO COM A RODA DIANTEIRA DE TRAÇÃO. TEVE MUITO DISSO AQUI NO RIO: MOTOR ILO DE 400 CM³, DOIS TEMPOS E DOIS CILINDROS COM 14 CV E TRÊS MARCHAS. A CAPACIDADE DE CARGA ERAM IMPRESSIONANTES 750 KG, COISA DE F100 OU C10 AMERICANA.









quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

DE CARRO POR AÍ COM O NASSER





Coluna 
5213 24.Dez.2013                                        edita@rnasser.com.br          



Grazie Mille, grazie
Barrado no baile do mercado pela exigência legal de portar air bags – coisa inviável em seu projeto do início dos anos ’80 – o Fiat Mille vai sair de produção. A fábrica realiza esforço nestes dias para levar a produção ao limite máximo que permita vende-lo até 31 de março.
É a série Grazie – obrigado – Mille, com duas mil unidades. Coisa especial, numerados em plaqueta aposta ao painel. Identificados pela exclusiva cor Verde Saquarema, decoração externa, faróis com máscara negra, rodas em liga leve aro 13”, adesivos Grazie Mille. Dentro, revestimento em tecido com bordado, sobre tapete, pedaleira, rádio connect, subwoofer, painel de instrumentos com outra grafia, cobertura no porta malas. Ar condicionado, vidros e travas elétricas. R$ 31.200.
Há muito a agradecer. O Mille chegou em 1983 e nestes 30 anos vendeu bem e se manteve em produção junto com seus sucessores, uma proeza de mercado. Foi bem dimensionado e transformou-se no carro de frota e trabalho, posto antes ocupado pelos VW Fusca e Gol.
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Mille, série final Grazie Mille
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Para provocar, um Mercedes a US$ 499 mil
Fim do ano, hora de 13o salário, participação nos lucros das empresas, balanço nos negócios individuais, é período de generosidades, presentes, gastos largos, muitos rótulos para a injeção de dinheiro na economia do país.
A Mercedes-Benz surgiu como oferta para integrar a lista de presentes: a última edição do esportivo SLS AMG Coupé, em edição especial, a Black Series. É o mesmo automóvel superlativo, com desenvolvimento em motor, transmissão, suspensão e aerodinâmica.
Não é um tapa, maquiagem para caracterizar a fornada de despedida deste modelo, mas trabalho amplo. Redução de peso, aumento de potência, melhor operação da transmissão. Peso baixou a 1.625 kg, potência subiu consequente ao trabalho nos comandos de válvulas, virabrequim, lubrificação, a 464 kW / 631 cv, a 8.000 rpm, relação onde cada cavalo carrega apenas 2,57 kg. A transmissão automática de sete velocidades duas embreagens, foi rebaixada 1 cm para melhor distribuição de peso, e tem coxins gasosos para absorver vibrações. O conjunto permite acelerar da imobilidade aos 100 km/h em 3,6s. Para dete-lo, freios de cerâmica, rodas forjadas em liga leve, pneus resistentes aos 317 km/h de velocidade de pico. Pacote de eletrônica para garantir segurança, e a sofisticação desnecessária do sistema de som Bang & Olufsen.
O motor, o mais potente ciclo Otto atual, é montado por um engenheiro, que nele aplica uma plaqueta, assinalando seu orgulho.
É automóvel referencial e reverencial. Custa, aqui, chaves na mão, entregue pela Mercedes na porta de sua casa, US$ 499 mil dólares.

---------------------------------------------------------------------------------------------------
AMG SLS, série especial, mais potente.
---------------------------------------------------------------------------------------------------

FELIZ NATAL DA FUNDAÇÃO MAHAR

Felicidades a todos os meus caros leitores! Que sejam todos alegres na fé de N. Sra. da Combustão Interna, nossa igreja de fé, e deem graças a Deus pela maravilhosa graça que é amar automóveis e motores, poder ver o mundo através de um para brisas ou por cima de um guidon. Hallelujah!!!!




terça-feira, 24 de dezembro de 2013

UM TESOURO DE MERCEDES...

CAMINHÕES ANTIGOS EUROPEUS

CAMINHÕES NA MAIOR PARTE INGLESES


O MUSEU BERLIET & RENAULT. EU VI MUITOS DESSES BERLIET PROGNATAS OU QUEIXUDOS AQUI NO RIO DOS ANOS 50 ATÉ 70


FRAGMENTOS DE VELHAS MARCAS ALEMÃS TAIS COMO BÜSSING, HENSCHEL E KRUPP



TRATORZINHO DE VERÃO...


TRATOR MILITAR ARTICULADO COM TRAÇÃO EM AMBAS AS PARTES. VEÍCULO IDEAL PARA AS ESTRADAS DE MATO GROSSO DO SUL OU RIO E SAMPA NAS ENCHENTES DE VERÃO...ISSO O GOVERNO NÃO TRAZ...


O NAMI TEM 375 CV, ANDA A 85KM/H E FOI FEITO ARA TRANSPORTE NO DESERTO OU NA SIBÉRIA. IMPAGÁVEL O TESTE DO SLALOM COM O MONSTRO TIRANDO UMA RODA DO CHÃO...

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

LIRA DO DELÍRIO: FORD V16

PODE TER PLACA MAS NÃO ESTÁ NEM PERTO DO NORMAL... ESTE FORD 34 PANEL VAN DE FIBRA PORTA GARBOSO DOIS MOTORES HEMI KEITH BLACK DE DRAGSTER COM BLOCO DE ALUMÍNIO DE 9,4 LITROS E 1.250 CV CADA UM. ELES SÃO ACOPLADOS JUNTOS A UMA CAIXA POWERGLIDE DE DUAS MARCHAS - PRECISA MAIS? - E TEM UMA INJEÇÃO DO GÁS DO RISO, OXIDO NITROSO, PARA COLOCAR MAIS OXIGÊNIO NA COMBUSTÃO. TUDO É DUPLO, IGNIÇÃO, INJEÇÃO E RADIADORES, SENDO QUE O SEGUNDO VAI ATRÁS DO MOTOR. SÓ DÁ MALUCO... GENTE DOENTINHA SEM TEMOR A DEUS...


REUNIÃO DE CAMINHÕES ANTIGOS





TODOS OS ANOS A ATHS, ASSOCIAÇÃO DE CAMINHÕES HISTÓRICOS DA AMÉRICA, FAZ UMA REUNIÃO DAS VARIAS QUE ACONTECEM PELO PAÍS, NA PENSILVÂNIA. ESTES VÍDEOS SÃO DE 2011 E 2013. O VÍDEOS DE 2013 TEM MAIS SEIS PARTES...

domingo, 22 de dezembro de 2013

NÓS ÍAMOS MUDAR O MUNDO...

LEI SÊCA LUSA....

Um indivíduo, bêbado que nem um cacho, foi mandado parar para um teste de alcoolemia.
Diz o guarda:
-- O sr. bebeu alguma coisa hoje?
-- Com certeza, Sr. Guarda. A minha sobrinha casou hoje e antes de ir para o casamento enfiei logo umas cervejolas. No banquete, enfiei umas 3 ou 4 garrafas de tintol e, à noite na festa, bebi 2 garrafas de Johnny Walker rótulo preto. Hic!!! 
-- E o sr. sabe que eu sou da Brigada de Trânsito e que isto é um controle de alcoolemia?
-- Sei perfeitamente, Sr. Guarda. 
E o Sr. Guarda já reparou que este carro é inglês, tem o volante do outro lado e quem está a conduzir é a minha mulher???

sábado, 21 de dezembro de 2013

ALTA RODA COM FERNANDO CALMON




Alta Roda nº 764 —

Fernando Calmon — 

17/12/13



DESGASTE DESNECESSÁRIO

A extensa lista de modelos que sairão de linha em 2013 demonstra que alguns fabricantes, finalmente, se convenceram de não valer a pena passar por tantos desgastes. E a senha para esse fim foi justamente a lei que estabeleceu freios ABS e bolsas infláveis, embora razões de mercado também tenham prevalecido.
Picape Courier foi a primeira baixa do ano, ainda em abril. Até 31 de dezembro, a relação de fim de fabricação (FdF) será engrossada por Kombi, Mille, Fiorino antigo, Ka e Gol Geração IV (poderia receber os itens citados, mas dará lugar ao up!). FdF não significa fim de vendas, pois há estoques. No caso dos itens de segurança o limite é 31 de março próximo. Mas há outros casos. Fiesta Rocam ganhou sobrevida de alguns meses até a chegada do novo Ka. O Golf IV, por razões comerciais/industriais e não técnicas, também terá FdF nos próximos dias, mas será comercializado até o final do estoque em 2014.
Kombi é um fenômeno único de longevidade da segunda metade do século passado. Completou 57 anos de fabricação (inclui o primeiro ano, 1957) graças ao uso prevalecente como veículo de trabalho. Surpresa maior, o Mille esteve em produção por nada menos de 30 anos (inclui 1984), algo raríssimo no caso de automóveis e ainda porque só ocorreram mudanças superficiais. Gol G IV superou o Mille nessa disputa inglória: saiu das linhas de montagem por 34 anos (inclui 1980). Mas o líder de mercado teve entre-eixos aumentado e carroceria arredondada em 1994 (apelidado de Bolinha), o que talvez o coloque na história como exemplo digno de purgatório por ter, afinal, compatibilidade com recursos primários de segurança.

DUE FRATELLI...
















Um dos mais belos carro que a Bertone jamais projetou é o carro que leva o nome do mais amado e hábil filho de Enzo Ferrari com Lauraa Ferrari, a dona de grana e de Maranello. Alfredo "Alfredino" ou Dino Ferrari foi um Gênio do projeto mecânico: desenhou esse motor V6 de Fórmula II em seu leito, definhando com distrofia muscular, que o levou aos 26 anos. O Commendatore sempre o amou com orgulho e paixão, como amou Maria Lardi,  a mãe de seu filho sobrevivente Piero Lardi, sempre apagado em tudo, nunca o genio de Alfredino... Um drama grego... 
Mas o V6 2 e 2,4 litros deu vida e alma a vários carros emocionantes, e neles sobrevive a alma de Dino Ferrari. Dois deles, menos conhecidos que o Dino 246, vemos aqui: o soberbo spider Fiat e o Lancia Stratos, carro projetado em 1968 para ganhar o Mundial de Rally nas mãos sagradas de Sandro Munari. Dois bichos totalmente diferentes de alma, prppósito e missão. Divirtam-se!

A Lancia Stratos


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

A ÚLTIMA ALFA ROMEO EM BALOCCO

ALFA 75: MOTOR OHC 12V V6 2,5 LITROS, 180 CV. DIFERENCIAL TRASEIRO E SUSPENSÃO POSTERIOR INDEPENDENTE, A DERRADEIRA ALFA ROMEO DE TRAÇÃO TRASEIRA DOS ANOS 80. SNIFF, SNIFF... VEJA ELIO DE ANGELIS ARREPIANDO NA PISTA DA ALFA EM BALOCCO, ONDE GRAÇAS A DIO JÁ TOQUEI UMA BRERA E DEPOIS OUÇA O MP3 DO SOM DE UMA TURBO 4 CILINDROS.
O INSTRUMENTO MUSICAL É TOCADO POR GIORGIO LANGELLA, CAPO COLLAUDATORE DA ALFA?




THE LAND ROVER GIRLS...


O programa de emprego de moças na Land Rover e seu papel na IIª Guerra conforme descrito por Zara Philips:

DE CARRO POR AÍ COM O NASSER


Coluna 5113 18.Dez.2013                                       
 edita@rnasser.com.br          


Senhores, o novo UP! Brasileiro
--------------------------------------------

Primeira foto do UP! brasileiro. (Nicoabella-Autoblog Uruguay)
------------------------------------------------------------------------------------
Sem alarde a Volkswagen iniciou produção pré serie seu modelo UP!. Menor, mais barato, mecânica avançada em seus três cilindros, demarra outro capítulo da história da VW no Brasil – o dos produtos atualizados.
Nosso UP! , com pré apresentação nos primeiros dias de janeiro e vendas pós Carnaval, difere-se do original alemão. Visualmente o teto avança mais para a traseira, encontrando a porta posterior, em chapa envolvendo o vidro – no europeu a tampa traseira é em vidro. Solução ganha alguns centímetros, criando o terceiro lugar no banco traseiro, com apoio de cabeça aos usuários. Trabalho nos bancos frontais esculpe espaço para melhor acomodação. Tanque de combustível aumentado de 35 para 50 litros, em razão de nossas distâncias continentais.
A parte decorativa também é implementada relativamente ao modelo eslovaco, vendido na Europa. É mais refinado, pois nossa clientela tem mais idade e exigências quanto a cuidados visuais, como os faróis auxiliares, friso lateral, piscas incluídos nos espelhos retrovisores externos aparentemente os do Fox Cross. Há dúvida pouco esclarecida sobre a distância entre eixos ter sido aumentada em 2 cm, indo a 2,45m. Parece pouco crível tal modificação.
Mecânica conhecida com o citado motor EA211, 1.0, três cilindros, 12 válvulas, 82 cv, em produção em São Carlos, SP, transmissão de 5 marchas. Para completar o pacote de adequação ao perfil do comprador nacional, outra exclusividade no portfólio: opção do câmbio automatizado, único 1.0 a portá-lo. Econômico. Em estrada livre, calcule 20 km/l de gasolina. A relação consumo x rendimento viabiliza o uso do álcool.
O UP! será o Volkswagen de entrada, substituindo o cansado Gol G4.
Bom trabalho
Divergem dados quanto ao desenvolvimento das diferenças introduzidas no UP! brasileiro. Fontes asseguram ser trabalho nacional, outras, trabalho realizado na pista de provas da VW na Alemanha, por aqui inexistente.
O bom trabalho jornalístico da apresentação pioneira – antes os carros foram vistos apenas com painéis para disfarçar as formas - é do bom sítio uruguaio Autoblog.UY, com fotos de Nico Abella, surpreendendo grupo de UPs! em fotos de publicidade em Montevidéu, Uruguai.
----------------------------------------------------------------------------------
Vista lateral      
-----------------------------------------------------------------------

GAVEA 1934: OS BONS TEMPOS...

O CARRO DE IRINEU CORREIA , UM FORD 1934 v8 COM A CARROCERIA REMOVIDA PARA TIRAR PESO E UM MOTOR MAIS FORTE EM UM CLIPE POR JOÃO MENDES DA MAIS FAMOSA CORRIDA DO ENTRE GUERRAS: O CIRCUITO DA GÁVEA.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

UM JAGUAR MUITO ESPECIAL...

O "Entardecer de um fauno" como fundo desse vídeo é o toque de mestre nas imagens de um carro lindo. Jason, o dono e desenvolvedor,o possui há muitos anos e é o único a não ter um V8 em sua classe de competição, onde mede forças com várias Corvette em Willow Springs, o cenário. Ele conta que bom mesmo é ter um motor menor porque obriga a ter muito chão para andar junto. Mostra as coisas boas que fez de um carro de rua passar a ser um réplica de um E Type Lightwaight. A carroceria tem muita coisa de alumínio e o motor atual 3,8 litros tem 320 cv, com sete anos de pista. Agora ele está fazendo um de 370 CV que deve durar dois anos...
Em suma, uma obra de amor e arte sobre rodas...

FRANQUEZA....


O AMOR POR UM CARRO

EM 1974 MARK LARSON TINHA 20 ANOS E ERA UM DURO. OH, QUE RARO! PRECISANDO DE TRANSPORTE ELE VIU UM ANUNCIO DESSE BELO  CARRO AZUL POR US$250 E COMPROU UM IMPALA  1960 V8 283 POWERGLIDE DE UM FERROVIÁRIO E FOI USANDO E SE APAIXONANDO PELO CARRO. FEZ O MOTOR EM 1979 POR TRES VEZES O QUE PAGOU NO CARRO E RODA COM ELE ATÉ HOJE APESAR DE TUDO QUE MADAME LARSON FALA. EÇE É UM ESCRITOR E JORNALISTA FREELANCE NA CALIFORNIA E  COM TODAS AS FACILIDADES QUE EXISTEM HOJE EM DIA RESOLVEU FAZER UM VÍDEO MUSICAL PARAA SUA AMADA BARCA, APELIDADA DE "LA BOMBA". AÍ ESTÁ O RESULTADO.... EU PARTICULARMENTE NÃO ADORO ESSES 59/60 DE ASSAS DA GAIVOTA, MAS O CARRO DO CARA ATÉ QUE ESTÁ BONITO, COM OSPOENUS BLACKWALL E AS RODAS...


UM V8 DIFERENTE...

Poucas pessoas conhecem esse poderoso motor de popa v8 da Johnson/Evinrude. Tem três litros e 300 CV na execução marítima standard, que precisa contar com uma certa curva de torque plana para acelerar e subir na onda para planar. Mas no uso em automóveis de rua ou de corrida, que contam com uma caixa desmutiplicadora de marchas há exemplos conhecidos de até 550 CV. 
Este motor do vídeo tem uma curva de torque bem modificada pelas câmaras de expansão características de motor dois tempos, que ajusta sua potência ao novo papel a ser representado, inclusive contaando que esse motor pesa no máximo 30% do peso e do tamanho de um Chevrolet Small Block 350... e gira 8 mil rpm...


quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

A KOMBI VERMELHA POR FELIPE BITU

A KOMBI VERMELHA

FELIPE  BITU

Imaginemos a Kombi estatizada: o governo federal compraria a enorme e obsoleta fábrica da VW no Km 23,5 da Via Anchieta, claro, com um repasse bilionário do BNDES, desde que o fabricante alemão se comprometa a abrir CINCO (!!!) novas plantas menores e mais eficientes em localidades em desenvolvimento.

É isso mesmo: uma fábrica antiga e obsoleta custaria o mesmo que cinco fábricas novinhas, dessas que alavancam as carreiras dos engenheiros de produção. Mas pouco importa: sob nova direção, a primeira Kombi Vermelha sairia novamente das velhas alas da Via Anchieta. Seria o "Dia da Kombi", oficialmente um feriado nacional.

Todos os ex-empregados da VW teriam seus contratos rescindidos: parte do montante bilionário do BNDES seria destinado a pagar suas indenizações. Quem quiser trabalhar na linha de montagem da Kombi Vermelha agora terá de prestar concurso público: os cargos de encarregado, chefe, gerente, gerente executivo e diretor seriam comissionados, mas exclusivos a integrantes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Estatizada, a Kombi Vermelha perde participação no mercado: ficou mais cara e piorou muito em qualidade. A ferrugem superficial que se manifestava em 1 ano agora é passante, transfixando as chapas em apenas 6 meses. Parafusos se soltam, peças caem e milhares delas ficam pelas ruas, com exceção das que servem ao Sindicato dos Metalúrgicos: nunca saem do pátio, pois foi todo mundo para Brasília.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

A NOITE RENAULT 2013 - 15 ANOS DA FÁBRICA

Aconteceu no Sambódromo paulista a 6ª Noite Renault com tudo de carros que a marca fabricou no Brasil ao longo dos últimos 50 anos associados à Willys e aà Ford e também  comemorando os 15 anos de sua própria fábrica no Paraná, com várias figurinhas carimbadas do mundo do automóvel brasileiro. Festão!





MINI MOKE RIDES AGAIN!

Começa em breve na China a refabricação do célebre utilitário Mini Moke. Ideia do imortal Alec Issigonis nos anos 60, o Moke eraa ideado para ser o substituto natural do Land Rover.Tinha baixíssimo peso e só ração dianteira, o que permitia que os quatro soldados queo utilizavam o tirassem de qualquer situação entalada simplesmente o levantando na mão. A mecanica era o 1.098 cm³ do próprio Morris Mini, com quatro marchas e freios a tambor. 


Era um primor de simplicidade, mas o Exército Britânico não topou a ideia e o Moke foi lançado para uso civil em 1964, sendo fab ricado até 1981 na Australia e terminando sua primeira carreira em Portugal até 1993, com um total de 50.000 veículos. Dali a fabrica foi comprada por um grupo Italiano e fabricado por mais alguns anos até que cessou.

VAI ANDAR DE BICICLETA ASSIM NA....

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

PÉ NA TÁBUA 2014: INSCRIÇÕES ABERRTAS!

Inscrições Abertas para o mais divertido evento de carros antigos do Brasil

- Com grandes novidades para 2014, evento Pé na Tábua promete sacudir a cidade paulista de Franca nos dias 14 a 16 de fevereiro.

Franca, 15 de dezembro de 2013 - A exatos dois meses para a abertura da temporada 2014 o evento Pé na Tábua - Corrida de Calhambeques - já está com suas inscrições abertas para receber participantes de todo o Brasil.
     Em sua quarta temporada, a Corrida de Calhambeques já criou fama de ser o mais divertido evento de carros antigos do Brasil além de ser o maior evento de carros pré-guerra do país. Um ambiente de total imersão histórica preparado para colecionadores, visitantes e, principalmente, para receber toda a família de quem chega.

Carros até 1936
     Com provas divididas por várias categorias a única regra, de fato, para participar no Pé na Tábua é inscrever um carro fabricado até 1936, ou seja, o carro de corrida mais novo do evento terá pelo menos 78 anos!

Motos até 1950
     Pela primeira vez na história da competição, uma categoria só de motos será apresentada ao público onde motocicletas centenárias farão a alegria do público que terá a oportunidade de ver a história em movimento. Para esta categoria serão inscritas apenas motocicletas fabricadas até 1950.

A história em movimento
     O Pé na Tábua proporciona momentos únicos. Um centenário Ford, modelo T, de 1913 é um dos veículos mais antigos que participam da corrida. A partida é na manivela e o modelo não possui alavanca de câmbio, onde a troca de marchas é feita diretamente por pedais no assoalho do carro (não tem pedal do acelerador, o que faz acelerar é uma alavanca situada na coluna de direção).
     São modelos antigos e funcionando perfeitamente. Que mostram como nossa indústria automobilística evoluiu.
     O Pé na Tábua é muita mais que uma corrida de veículos clássicos, é um evento que coloca a história em movimento.

Serviço:
Pé na Tábua - Corrida de Calhambeques
14 a 16 de Fevereiro - Franca/SP
Local: Speed Park
Inscrições abertas - Carros até 1936 / Motos até 1950


AVIÕES...




video

domingo, 15 de dezembro de 2013

PODER DE DECISÃO POR FERNANDO CALMON

PODER DE DECISÃO

Por Fernando Calmon


Analisar o comportamento atual dos compradores de veículos já não é tão simples como no passado graças às ferramentas eletrônicas hoje disponíveis. Antes, grande parte das análises e decisões de compra era tomada durante a visita tradicional aos salões das concessionárias. Hoje, essa visita ainda é indispensável, mas o poder de decisão mudou de eixo e, frequentemente, o consumidor já chega à loja com a “cabeça feita”.
Para entender melhor essa reviravolta, a consultoria internacional Capgemini pesquisou 8.000 consumidores de oito países – Brasil, Alemanha, China, Estados Unidos, França, Índia, Reino Unido, Rússia – que representam cerca de dois terços das vendas mundiais de veículos. Seu relatório anual Carros on line apontou mudanças de comportamento na experiência de compra e de uso por parte dos interessados.

sábado, 14 de dezembro de 2013

ICON TOYOTA DE 4 PORTAS, COM JAY LENO

Nos começos do Mahar Press focalizamos o primeiro dos jipes reproduzidos pela ICON americana. Eles fazem várias versões do que chamamos de Bandeirante, o FJ40 japonas com normalmente uma mecânica americana, do tipo V8 GM Small Block de Corvette, caixa automática ou manual a gosto e transmissão DANA.
Aqui temos o mais recente modelo, inspirado nos Toyota do Nordeste brasileiro, alongados e com quatro portas... Mas o nível de acabamento da carroceria em alumínio é invejável. E podem ser importados pois são carros zero km...Veja mais em http://www.icon4x4.com/

CENTRAL PASCO & GULF RAILROAD


Esta ferrovia do Centro da Flórida tem trens de bitola de sete e meia polegadas que você pode sentar e e andar neles, como se vê no vídeo. Com uma pequena doação de um dólarvocê pode andar  todos os segundos sábados do mês os 2600 metros da via. Ela fica em um parque natural, o Crewe´s Lake Park em Brownsville, no condado de Pasco. Essa cidade faz parte da Grande Tampa, no Golfo do México É uma das maiores ferrovias miniatura do mundo. Imperdível!


MINIATURE WUNDERLAND EM HAMBURG



ESTE É O VÍDEO OFICIAL DOA MAIOR FERROVIA EM MINIATURA DO MUNDO, ALÉM DE UMA DAS MAIS BEM SUCEDIDAS ATRAÇÕES TURÍSTICAS NA aLEMANHA. OCUPA MAIS DE 3.000 M² E MAIS DE MIL TRENS, AVIÕES, CARROS E NAVIOS SE MOVEM DENTRO DELA. MAIS INFOS EM :


sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

NEW CLASSICS DOMINGO NA BARRA


Quem estiver livre e puder aparecer no encontro de domingo do New Classics ! Será a partir das 14:30 h no Station Mall, que fica na Avenida Ayrton Senna, 4701, quase na Barra !
Quem for é só pegar a pista da direita quando descer da Linha Amarela ou de quem vem pela Cidade de Deus/Estrada do Gabinal é só pegar a pista da direita após passar embaixo da Linha Amarela. Referência: Passarela da Vila do Pan que desemboca no Station Mall, que fica entre as duas pontes iniciais da Avenida Ayrton Senna no sentido Barra.
Clássicos e Novos clássicos são sempre bem vindos, mas se não der apareçam de qualquer jeito !
Abraço !
MARIO SILVA

ALTA RODA COM FERNANDO CALMON





Alta Roda nº 763 — Fernando Calmon — 10/12/13



FIM DE TEMPESTADE





Nos últimos dias duas marcas de origem americana estiveram no topo do noticiário automobilístico no mundo inteiro. E se deve à reviravolta industrial e comercial dos chamados Três Grandes de Detroit, depois da crise econômica de 2008 iniciada nos EUA e ampliada para outros países. Referência emblemática é a sexta geração do Mustang, que completará 50 anos em abril do próximo ano e já registrou mais de nove milhões de unidades.
A Ford quis demonstrar suas intenções expansionistas mundiais ao decidir pré-apresentar o carro em seis cidades, de quatro continentes (N. York, Dearborn/Detroit, Los Angeles, Barcelona, Xangai e Sydney). Exibiram-se as versões de topo, tanto do cupê como do conversível. Embora a empresa ainda faça mistério, chegará ao Brasil só em 2015, pois as vendas nos EUA começam em meados de 2014. No início, apenas a versão mais cara estará disponível aqui e em concessionárias selecionadas.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

ALFA 4C EM NUBURGRING BY JLV



O Alfa Romeo 4C gira Nurburgring em 8:04
Um protótipo do carro esporte compacto Alfa Romeo 4C foi até a pista de Nurburgring, na Alemanha, e fez voltas em 8 minutos e 4 segundos, tornando-se comprovadamente um dos carros de produção mais rápidos existentes no mundo.

Vejam só: o Audi R8 e o Porsche Cayman fazem este mesmo tempo. O Dodge Viper GTS 1997 levava seis segundos a mais (8:10), o Mitsubishi Lancer Evolution leva 8:11:16, o cupê BMW Série 1 leva 8:15, o Chevrolet Camaro SS 8:20. 



DE CARRO POR AÍ COM O NASSER

Coluna 5013 

11.Dez.2013                                        
edita@rnasser.com.br          


Quer Mercedes C novo ? Corra


Pensando em comprar bom e charmoso Mercedes Classe C, as boas sensações de conduzir com motor turbo, câmbio automático, excelente ajuste mecânico, sua estrela guia conduzindo a noção de status para você, familiares, vizinhos, amigos e quem mais o veja ?
Decida-se, ande logo, feche negócio.
Não pense os Mercedes C estão no fim, mas ocorre, a marca desenvolve grande plano mundial para resgatar sua liderança no segmento Premium – dentre as alemãs Audi e BMW vendem mais. Amplo, passa por cercar a base do mercado com produtos menores, ampliar a faixa dos usuários da marca, valorizar as séries S, E e C com equipamentos e confortos superiores aos encontrados nos concorrentes. O projeto iniciou chegar ao Brasil com o A hatch, recém apresentado, prosseguindo com o novo C, a grosso modo um S pequeno, por seu grau de equipamentos e refino – como acabamento interno em madeiras.
Na Europa e EUA iniciou vender a nova família A. Aqui tem o hatch e em 2014 cobrirá todo o sub segmento: sedã CLA em fevereiro e, ao final do ano, o GLA, mini utilitário esportivo, de produção iniciada nesta semana na Alemanha.
O pequeno sedã A tem feito milagre no mercado exterior. Gera demanda, espera, e trouxe característica especial: baixou em 10 anos a idade do usuário de Mercedes, criando fatia específica a jovens profissionais e chegantes aos Mercedes. Como a satisfação de um sonho/vontade, não combina com veículos sem equipamentos, assim, apesar do menor porte, de utilizar motor básico 1.6, ter tração dianteira, o CLA fez-se automóvel bem completo. E custará R$ 140 mil – mais que o C.
Muda
Brasil é mercado prioritário para a Mercedes, apesar de vender pouco, em torno de 10 mil unidades ano. Para aumentar vendas e melhor participar de cenário com vendas em expansão, adaptou-se às novas regras setoriais, iniciando construir fábrica exclusiva a automóveis em Iracemápolis, SP. De lá tirará dois produtos: o novo Classe C e o utilitário GLA. Este projeto tem organização especial, reportando-se diretamente à operação automóveis na Alemanha, na grande arrancada para recuperar a liderança.
Aqui coordenado pelo grego Dimitris Psillakis, diretor da área de automóveis e Sprint, foca valorizar automóvel e usuário, empurrando o preço do Classe C para cima. A postura encontra oportunidade com a mudança do novo C, previsto para chegar ao país no meio do ano – e aqui ser produzido em 2015. Novo produto, maior em comprimento e distância entre eixos graças a nova plataforma, e bem dotado de equipamentos e confortos – ao contrário das atuais versões. Custará, importado, em torno de R$ 160 mil.
Assim,  vale o conselho: ante a mudança de linha e conteúdo – e de preço -, se você tiver a fim de um Classe C, negociado com os revendedores até por R$ 110 mil reais, a hora é esta.
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Classe C. Novo, mais equipado, subirá – muito – de preço
---------------------------------------------------------------------------------------------------