quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

O DIA DO ONIBUS


DE CARRO POR AÍ COM O NASSER





edita@rnasser.com.br           

Fax: 55.61.3225.5511
Coluna 0913 27.Fevereiro.2013

De olho em Genebra

83ª. edição do Salão Internacional de Genebra, país de pontual indústria automobilística, mas referência anual para a Europa. Esperados 10 mil jornalistas e 700 mil visitantes, metade estrangeira, verão nos 110 mil m2 – 11 campos de futebol, ou 11 fazendas europeias – 900 veículos e, nestes, 10% serão verdes – a classificação para os que combatem a poluição. Bandeira vitoriosa levantada há cinco anos, tropeçou, mas incrementou a demanda exigindo criar mais 5.000 m2 de área expositiva. A ser lembrado, não existe o lá fora, inviabilizado pelo frio, neste ano entre -3 e +6 graus C. Reduzir consumo e emissões se transformou em realidade da indústria e inequívoco caminho para o futuro se quisermos convívio com os automóveis.
Novidades há, pois a disputa de mercado é briga de foice a cada dia mais briga e mais foices, com novos brigões chineses, malaios, indianos, tomando marcas ante ocidentalmente tradicionais.
Numa olhada rápida:
4C – Há tempos sem atrações, a Alfa Romeo mostrará o 4C,  produto em restritas 2.500 unidades: um milhar aos EUA, restante ao mundo. Aqui, não, Argentina sim, até por orgulho nacional: um de seus designers é hermano, Ruben Wainberg. Carro interessantíssimo, chassi em alumínio, motor 1.7 com 240 cv, tração traseira, 900 kg. Tipo T Grande a quem sabe conduzir.
AudiStation Avant com mecânica RS6 em 3ª. geração. Motor V8, bi turbo, 4.000 cm3 e 560 cv de potência, e o rótulo de mais rápida do mundo, 0 a 100 km/h em 4,5s, e corte a 250 km/h. Difícil imaginá-la cumprindo sua função precípua de carro de família.
Qoros – Conhece ? Ninguém conhece, mas é chinesa e escolheu Genebra para apresentar seus produtos à Europa.
Rolls – Um cupê, resgatando o nome Wraith - Fantasma – e característica linha quase reta ligando a Coluna A à parte traseira. O máximo da esportividade visual consentida por marca com denso rigor estético. Deve ser de condução interessante, por chassis mais leve, suspensão aprimorada, freios melhorados, mecânica BMW, dona da marca, motor V12 6.600 cm3, bi turbo, circa 600 cv. Curiosidade, o revestimento das portas é similar a madeira porosa, inspirado na esportividade dos iates italianos dos anos 50 e 60.
-------------------------------------------------------------------------------------------
RR Wraith, silhueta meio fantasmagórica, coerente
-------------------------------------------------------------------------------------------
Subaru – Alguma versão do carro que cede à Toyota, um Subaru com tração traseira; Conceito Viziv, base para crossovers da marca; e Outback motor boxer, diesel.
VW – Amplo leque, mas foco institucional no XL1, de produção artesanal. É o mais aerodinâmico automóvel já construído e sua combinação de motor diesel turbo, e bateria recarregável em tomada permite fazer 111 km com um litro, recorde e impossibilidade teórica.
-------------------------------------------------------------------------------------------
VW XL1. Desafio de tecnologia: 111 km/litro de diesel
-------------------------------------------------------------------------------------------
Roda-a-Roda
Mais vendido – Surpresa: o carro mais vendido no mundo não é Toyota Corolla, Ford Focus, VW Golf, Honda Civic, algum Chevrolet. Nada disto, é um furgãozinho ajanelado, chinês SGMW Sunshine. Vendeu 1.212.179 em 2012 - 20% mais que Ford Focus; quase o dobro que Chevrolet Cruze, Toyota Camry e Ford Fiesta. Varejo brasileiro, mais de cinco vezes o volume de VW Gol.
------------------------------------------------------------------------------------------
SGMW Sunshine, chinês, mais vendido, disparado
– Especialista internacional em vistorias e segurança veicular, a DEKKRA fez pesquisa sobre carros usados e concluiu, o de menor índice de defeitos é o Audi A4. Cenário não é o do Brasil onde são baratos, difíceis de vender, situação de importados que foram caros, e hoje pela manutenção estratosférica, são mico.
O SChinês, completo, por R$ 37.490 é o J3 S 1.5 com o carimbo de Jet Flex, desenvolvimento entre a JAC e a Delphi, 125 cv com gasálcool ou 127 cv com etanol – com pré aquecimento dos bicos injetores, dispensando o tanquinho para partidas a frio. Março.
Mercado – É adaptação à clientela, motor do Jac J5, e ao programa Inovar-Auto, exibindo o flex como aplicação de tecnologia nacional. O S indica aumento de cilindrada, potência, rendimento. Não é esportivo de adesivo, mania local. Vai a 100 por hora em 9,7s e arranha 200 km/h de final. Para motor 1.500, temporal.
Vergonha – Aqui p’ra nós, após carro chinês com partida aquecida, difícil às montadoras nacionais justificar o primário tanquinho.
Inovar-Auto – Assinando contrato com o Governo Federal para implantar fábrica na catarinense Araquari, a BMW cortou preços na marca e nos Mini – Rolls-Royce, não. Reduções entre 2, 20 e 60% para carros em estoque. Grand Coupé 640, sedã, tremenda barata, de fora, a R$ 400 mil.
Festas – Ano importante para a Ford, 150 anos do nascimento de Henry Ford. Um dos eventos, emissão de selo filatélico homenageia o engenheiro húngaro József Galamb, um dos formuladores do sistema de produção em série.
Seleção – Ford e Audi na lista das 50 companhias mais inovadoras do mundo. A primeira pelo lançamento do novo Fusion, o sistema SYNC, e instalação de laboratório no Vale do Silício para absorver inovação por osmose.
A outra, tecnologia do carro que dispensa motorista somando os conceitos de controle de velocidade adaptativo, e sistema de orientação lateral.
Utilidade – Clésio Andrade, presidente da Confederação Nacional do Transporte, senador, propôs projeto aplicando o valor arrecadado em multas de trânsito no financiar carteira de motorista a quem ganha até três salários mínimos.
Adequação – Idéia boa, melhor se direcionasse motoristas barbeiros a uma especialização no dirigir. Estamos atingindo inacreditáveis níveis de gente despreparada e despreocupada conduzindo veículos.
Do patrão – Quando lançado o Mercedes Actros, tecnologicamente refinado, e preço superior ganhou da Coluna o designativo de Caminhão do Patrão. Sofreu um up grading e a versão 2655 6x4 passa a ter motor V8, antes exclusividade Scania. Transmissão automatizada, dá conforto e segurança ao motorista para viagens com elevadas médias horárias ou deslocar cargas brutas como bi trem ou rodotrem com 9 eixos e até 74 toneladas de PBCT.
Bici-Pati – Junção da prefeitura da cidade francesa de Bordeaux, o designer Philipe Starck e a Peugeot, desaguou na bicicleta-patinete Pibal. A cidade está na vanguarda da substituição dos carros; o designer é lápis livre; e a Peugeot, com bicicletas há mais de século, está para negócios de aumentar faturamento – e diminuir perdas. Em acertos para produção.
Re call - A BMW chama donos de 320i, 328i Coupé, 328i Cabrio, 335i, 335i Coupé, X1 Sdrive 18i e X1 xDrive 28i, fabricados entre 2007 e 2011, à rede concessionária para substituir o terminal do cabo positivo da bateria. Apenas 10 unidades com problemas. Confira pelo 0800-707-3578, h.c. ou no sítio www.bmw.com.br .
Utilidade – Questão de sobrevivência, o regulamento da Fórmula 1 para 2014 forçará grande desenvolvimento tecnológico nos motores térmicos, operação, consumo, emissões e recuperação de energia para acionar dois motores elétricos. Serão V6, 1.6 litro, turbo. Parece ideal para a Renault com seus programas de carros elétricos e tecnologia na área.
Futuro – Escreva aí, deve ser o maior pulo de tecnologia dado em curto prazo, e estes ganhos influenciarão, rapidamente, os carros comuns.
Evento – Para aproveitar a massa de interessados na corrida de Fórmula 1 – maior faturamento turístico como evento em SP – Reed Exibitions, organizadora do Salão do Automóvel, fará paralelo encontro com automóveis. Tipo salada mista sobre rodas, carros tunados, hots, antigos, acessórios.
Antigos – Sucede ao fugaz Salão Internacional do Veículo Antigo que, sem entender o colecionismo brasileiro não se impôs, inexpressivo em expositores, perdeu da oportunidade de fazer evento para atender às partes: faturamento para a Reed, evento sólido para os antigomobilistas.
Mão de obraQuer aprimorar sua especialidade de conduzir, tipo fazê-lo como um piloto ? A Mitsubishi aproveitou o mais novo autódromo do país, o Velo Cittá, em Mogi Guaçu, SP, e criou sua Premium Racing School .
Fino - Coordenação de Ingo Hoffman, multi campeão, intimidades com carros atualizados, Lancer Evolution X e Evo R. Coisa exclusiva, oito pessoas, três instrutores. Pegue R$ 2.200 e vá nesta. Muito a contar depois. Inscrições Renato Perotti - renatoperotti@mmcb.com.br.
De volta – A Ford começou com corridas de automóveis e nestes 110 anos se alterna em vai e vem. Agora foi, de novo, com Fusion Stock Car na NASCAR.
Amenidades – A Mercedes-Benz faz merchandising com 14 veículos no filme “Duro de matar: Um bom dia para morrer”, na série com Bruce Willis. Há de tudo: caminhão Zetros, Unimog, Sprinter, Vito, GL, automóveis Classe C, e até o charmoso e caro tiro n’água, o Maybach 57. Nos cinemas.
GenteJulio Ott, 92, fordista, passou. OOOO Instrutor da Ford, visitava agentes, treinava mecânicos, assistia clientes, disseminava a estrutura assistencial da marca. Deu base à operação de montadora no país continental. OOOO Aposentado restaurou Fords antigos, auxiliou formar o Clube V8. OOOO Talvez fosse o último representante da época de viabilização do automóvel no Brasil. OOOO Dieter Zetsche, 59, CEO da Daimler, fica. OOOO Contrato estendido até final 2016. OOOO Acionistas e Conselho gostam do projeto de trazer a Mercedes á liderança de vendas sobre Audi e BMW, e querem ver sinais. Recordista no cargo. OOOO
Fiat e recordes de velocidade Brasil Argentina
Curioso associar a Fiat e seus carros pequenos a recordes de velocidade no Brasil e Argentina. Pois verdade.
A jovem Fiat fez carros de corrida – incluindo recordista modelo 4 cilindros, 300 hp em 28.000 cm3 – igual a 28 carros mil... Tinha piloto especial: Pietro Bordino, filho de vigia, a fábrica em Turim era seu quintal, e experimentar carros de corrida, diversão e aplicação. Delgado, pequeno, magro, talentoso ao sugerir, acertar, e valente no conduzir. Com Fiat ganhou a inauguração do Autódromo de Monza e muitos GPs.
O senador Agnelli, criador da marca, quis sair das corridas, mas área comercial improvisou: se havia a equipe, que tal um périplo de promoção internacional ?
O automóvel era o biposto 805, 1923, talvez o primeiro a usar compressor. 1.979 cm3, 8 cilindros em linha, compressor Rootes, 150 hp a 5.500 rpm, 220 km/h – então líder o Ford modelo T, 3.900 cm3, 20 hp a 1.400 rpm, 70 km/h.
Era biposto, mas Bordino deslocara a pilotagem mais ao centro. Chegou em 10º.
Depois, exibição na Sul América. Rio de Janeiro, sede da empresa, cravou 191 km/h em local não registrado. Mesma fonte diz, em S Paulo, agrado ao Conde Matarazzo, montador da marca, arranhou 185 km/h na Avenida Paulista. Depois, Argentina, entre Morón e Bella Vista, curiosíssimo 1 km/h mais que no Brasil.
O entusiasmo evoluiu ao Tipo 806: 1.484 cm3, 12 cilindros, 4 comandos de válvulas, compressor Rootes, 187 cv a 8.500 rpm, e à vitória no GP de Milão. O Senatore, feliz pela vitória, desrespeitado pelo carro feito à sua revelia, manda destruir todos. Bordino, com Bugatti, foi-se logo após no circuito de Alexandria.
------------------------------------------------------------------------------------------------
Fiat 805 na Argentina. Pietro Bordino, 
de boné Borsallino, a quase 200 km/h.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

VACILAÇÃO E BOBEIRA.....

video

O ELETROTURBO POR FERNANDO CALMON


DAS PISTAS PARA AS RUAS

Por Fernando Calmon

O automobilismo de competição sempre teve papel primordial para o desenvolvimento dos carros comuns desde a primeira corrida realizada no mundo, em 1894, entre as cidades francesas de Paris e Rouen. Essa migração de tecnologia aconteceu em praticamente todos os componentes e sistemas, em maior ou menor grau, muitas vezes sofrendo adaptações por razões práticas e/ou de custos.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

SÁBADO TEM NEW CLASSICS NA LAGOA


FORDISTA JULIO OTT PASSOU


Júlio nos deixou no  dia 15 de fevereiro último, em São Paulo, depois de ter trabalhado 37 anos na área de Serviço da Ford e de ter como importante legado a fundação, juntamente com seu filho Nelson, do Clube do Ford V8.

Imaginar o cenário de 1919, quando a Ford se instalou no Brasil e começou a montar e vender o Ford T é uma viagem no tempo, para uma época em que, praticamente, não havia estradas no país.

Com o desenvolvimento da produção em massa, os automóveis ganharam o mundo e também o Brasil. Foi uma época de prosperidade, logo após o fim da primeira guerra mundial, na Europa.

SEXTA FEIRA FOI DIA DE BLUES: CELSO BLUES BOY

UMA HOMENAGEM A UM DOS MAIORES BLUESMEN DO BRASIL, QUE SE FOI NO ANO PASSADO. O HINO: AUMENTA QUE ISSO AÍ É ROCKN´ROLL


CD COMP-LETO: QUEM FOI QUE DISSE QUE ACABOU O ROCKN  ROLL?

domingo, 24 de fevereiro de 2013

OS 2CV DA LIRA DO DELÍRIO

CERTAMENTE UM MOTOR DE GS 1300 BOXER 4 CILINDROS...65 CV

CAMPOMOVIL DE TULIO CRESPI

O Jerico argentino, algo que teria futuro por essas bandas. Impressionante é o isolamento entre nós: o motor é B&S americano e nós fabricamos coisas aqui bem adequadas a um veiculo desse tipo...

Tulio Crespi, o famoso construtor de carros de corrida argentino de Balcarce, ideou um pequeno caminhão ou picape que pesa 430 kg e carrega 800 kg de carga. Anda 25 km/h e tem uma solução mecânica genial: o motor toca uma bomba parecida com aquela usada em direções hidráulicas, a qual gera impulso para motores hidráulicos nas rodas. Isso possibilita até tração nas quatro rodas, se necessário, elimina o uso de caixa de cambio e a embreagem, e simplificando muito a produção.

CITROËN 2CV HERMÉS

sábado, 23 de fevereiro de 2013

ALTA RODA COM FERNANDO CALMON





Alta Roda nº 721 — Fernando Calmon — 19/2/13



PAGAR E FICAR CALADO






Prioridade para circulação dos automóveis nas cidades é a regra no Brasil. Todos estão cansados de ouvir. Será mesmo que existe esse “privilégio”? Em função de arrecadação de impostos, a lógica econômica diz que quem paga a conta deve (ou deveria) usufruir, se não os melhores serviços, pelo menos algo proporcional ao desembolso.
Fique de lado toda a imensa cadeia de impostos, taxas, tarifas e penduricalhos fiscais e parafiscais, em níveis federal, estadual e municipal, que incide sobre os motoristas ao longo de toda a vida de suas máquinas. De longe, a maior carga fiscal do mundo, direta e indireta. Foco é no IPVA.  O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (inclui barcos e aviões, mas quase tudo vem de veículos sobre pneus), apenas em 2012, arrecadou nada menos de R$ 27 bilhões (cerca de US$ 14 bilhões), segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário. E US$ 14 bilhões, só como ordem de grandeza, foi o custo histórico da hidrelétrica de Itaipu, ainda hoje a maior do mundo em geração efetiva, que levou sete anos em construção.
Metade de apenas esse único volumoso imposto vai para Estados e a outra metade, dividida entre municípios. Então, prioridade mínima para a circulação de veículos deveria incluir coisas corriqueiras como manutenção das vias e, mais do que isso, a sinalização semafórica. Seria absurdo, então, pedir câmaras de vigilância (em funcionamento efetivo) e painéis eletrônicos que indicassem situações de emergência, mais do que previsíveis em cidades do porte de São Paulo? A resposta, provavelmente, é que se trata de privilégios.

FOTOS DA RAF NA IIª GUERRA

UM ARQUIVO FABULOSO, PARA PASSAR HORAS VENDO LINDOS AVIÕES...
http://www.mission4today.com/index.php?name=ForumsPro&file=viewtopic&t=14429


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

DE CARRO POR AÍ COM O NASSER





edita@rnasser.com.br           

Fax: 55.61.3225.5511
Coluna 0813 21.Fevereiro.2013

Interessante, diferente, nacional, o Suzuki Jimny
Único pequeno jipe nacional com motor a gasolina – 1.3, 85 cv, 16v, duplo comando variável, gasolina – o Jimny iniciou ser produzido no Brasil, primeira corporificação do acordo Inovar-Auto, pacote de medidas oficiais para conter importações e instigar nacionalizações. Embora Suzuki, quem o faz é a Mitsubishi, em Catalão, GO, forma de harmonizar processos industriais e atingir o nível de nacionalização, dispensando-o dos ônus de produtos importados. Projeta Luiz Rosenfeld, engenheiro, presidente da Suzuki, a venda de 2500 unidades em 2013, através da rede com 60 concessionários. Como veículo é muito interessante, o pico de projeto específico praticado há 43 anos. Carroceria com desenho personalista, sobre chassis para ser resistente a maus pisos e acidentes de percurso, mecânica simples, caixa mecânica 5 velocidades e de transferência para a tração nas 4 rodas e a marcha reduzida. Acionamento por botões no painel. Eixos nas extremidades do chassi dão-lhe ângulos de entrada e saída muito agudos, e invejável capacidade de enfrentar valas, buracos, irregularidades. É de construção simples, robusta, sem frescuras, positiva. O motor de pequena cilindrada é valente, funciona limpo e sem hesitações, alegre ao esticar as marchas à faixa vermelha. Oferece operação simples, com os órgãos mecânicos bem integrados, pedais de bom tamanho, embreagem de boa atuação e maciez. Suspensão de bom curso e a altura dos pneus 215/75 bem absorvendo as irregularidades do solo e integrando o elemento elástico. Ar-condicionado – exige ser melhorado, direção hidráulica. ABS e almofadas do ar, final do ano. Fácil a interessados decidir após dirigi-lo. Difícil para a rede de concessionários convencer os clientes da capacidade do Jimny em vencer situações. Não é apenas versão aventuresca, a sugerir valentia e habilidades fora da estrada. Para superar dificuldades, é o cara. 

SEXTA FEIRA É DIA DE BLUES...BRASILEIRO!

COISAS DO ATAÍDE...


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

ENCONTRO EM CURITIBA 10 DE MARÇO

Encontro de Carros Antigos na Certas Coisas Vintage dia 10 de março a partir das 10:00.
Endereço : Rua Rocha Pombo, nº 843, Bairro Juvevê, Curitiba-PR
Telefone : 41 3359-1960
Email : contato@certascoisasvintage.com.br

DIA 10/3 NA RUA ROCHA POMBO 843 JUVEVÊ CURITIBA
TEL 41 3359 1960 contato@certascoisasvintage.com.br

ALFA ROMEO 4C BY JLV


Em Genebra, o Alfa Romeo 4C

Projetado pelos engenheiros da Alfa Romeo e produzido na fábrica de Modena da Maserati, o novo supercarro 4C chegará ao mercado ainda este ano inaugurando o novo plano global da marca e seu retorno ao mercado americano. 


O 4C deriva diretamente do carro-conceito mostrado em Genebra dois anos atrás, onde recebeu três prêmios – o AutoBild alemão de design, o Design Award de carros conceito e protótipos 2012 italiano e o What Car? Inglês de 2013.

A designação 4C é um acrônimo que lembra o passado de glórias da marca nas décadas de trinta e quarenta, com os modelos 8C (2.3 oito cilindros) e 6C (2.3 seis cilindros com duplo eixo comando sobre o cabeçote) que em conjunto venceram todas as Mille Miglia de 1928 a 1938, com exceção de 1931. 

O DESEMPRENHO GLOBAL PELA JATO DYNAMICS


DESEMPENHO GLOBAL DO SETOR AUTOMOTIVO – Fechamento 2012

§  China cresce 7,4% em vendas de veículos
§  Brasil mantém a 4ª colocação no ranking
§  Toyota ocupa na primeira colocação entre as marcas

A JATO Dynamics do Brasil, líder em fornecimento de informações automotivas, divulga seu release de fechamento global com os dados de veículos vendidos no ano de 2012. Conforme resultados abaixo, não houve alterações no ranking para os sete maiores mercados. A China encerrou o ano como a líder disparada no mercado automotivo com crescimento de 7,4% em comparação ao ano de 2011, ultrapassando a marca de 16 milhões de automóveis vendidos. Em segundo lugar aparecem os EUA, com aumento de 13,4% em relação ao ano passado. O Japão ficou em terceiro lugar, desta vez com resultado positivo com crescimento nas vendas de 27,6% se comparado ao ano anterior. Os dados chineses incluem apenas veículos de passeio. Para o restante dos países os números englobam carros e comerciais leves.
O Brasil manteve o quarto lugar com aumento de 6,1% nas vendas de veículos se comparado a 2011. A Alemanha apresentou queda de 3,1% nas vendas,  mas mesmo assim continuou na quinta colocação. A Índia fechou o ano com aumento de 10,4%, ficando em sexto lugar.
A Rússia e a Grã Bretanha, na sétima e oitava colocação, registraram crescimento de 10,6% e 3,8%, respectivamente.
A França, ainda afetada pela crise econômica, apresentou queda significativa nas vendas de 13,3% em relação a 2011, ocupando a nona posição. O Canadá ultrapassou a Itália e encerrou o ano entre os dez maiores mercados com crescimento de 5,7% nas vendas em relação ao ano anterior.

* Os números incluem comerciais leves e carros de passeio.
Desempenho das marcas
A Toyota ultrapassou a Volkswagen e encerrou o ano na liderança em vendas de  2012 com crescimento significativo de 24,1% em comparação ao ano passado. A Volkswagen ficou em segundo lugar também com resultado positivo de 11,1% nas vendas. A Ford e a Chevrolet mantiveram a terceira e quarta posição com 1,7% e 5,5%  de aumento nas vendas do ano, respectivamente. Destaque para a Honda que obteve a maior variação percentual entre as 10 maiores marcas, com crescimento de 25,2% em relação ao ano anterior.


*carros e comerciais leves

** a pesquisa contempla os seguintes países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coréia do Sul, França, Espanha, EUA, Grã Bretanha, Holanda, Índia, Itália, Japão, Malásia, México, Rússia, Tailândia e Turquia.

Modelos mais vendidos entre os 10 maiores mercados
O modelo mais vendido no mundo continua sendo o Sunshine Series (marca Wuling), uma pequena minivan de sete lugares, com mais de 1 milhão de carros vendidos no ano de 2012. O Ford Focus, o Chevrolet Cruze e o Toyota Camry ocuparam a segunda, terceira e quarta posições, sendo que os maiores mercados de atuações foram a China e os EUA.  

Os dados acima são fornecidos pela JATO Consult, a empresa de consultoria da JATO Dynamics qual fornece soluções e consultoria para atender a uma ampla gama de empresas ligadas ao setor automotivo. Para mais informações visite www.jato.com/brazil.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

BMW CAR ClUB: REGULARIDADE EM 2 DE MARÇO



 
Não deixem de fazer sua inscrição, vai ser espetacular, o evento será no mais moderno 
Autódromo do Brasil.

Prezado Entusiasta BMW,
 
O Clube Se7en está promovendo o evento "SE7EN Classic Days" no novíssimo 
autódromo particular Velo Cittálocalizado em uma Fazenda em Mogi Guaçu no interior de SP.
 
                              Autódromo Vello Cittá
 
 
Trata-se de um Torneio de Regularidade para Automóveis Clássicos bem interessante e inovador, com 04 categorias, a ser realizado em 02 de março próximo, sábado.

 

Vintage
Clássicos de Turismo com mais de 30 anos
(anteriores à 1983)
Prestige
Clássicos de Turismo entre 20 anos e 30 anos
(entre 1983 e 1993)
Grand Prix
Clássicos Corrida a partir de 20 anos
(anteriores à 1993)
Classic Ladies
Conversíveis pilotados por Mulheres 
(anteriores à 1993)

 



Classic VINTAGE
Classic PRESTIGE
Classic GRAND PRIX
          Classic LADIES







Pedimos à Todos que entrem no Espírito e Estilo Classic Days, e venham trajadas de roupa de época
compatível com o seu carro.

Haverá um setup de Estúdio Fotográfico Especial para carros e um Fotógrafo Profissional
no local onde os participantes que forem Vestidos à Caráter entrando no Estilo Classic Days
terão a oportunidade de tirar uma “Foto tipo Book” com o seu carro que ficará para sempre.
 
Uma oportunidade única! Haverá uma equipe de limpeza especializada em veículos clássicos dando
apoio a toda essa produção.

Categorias, Exclusividade e Carros Elegíveis

A organização do evento se reserva ao direito de seleção de veículos, tendo em conta estado de conservação,
restauro, originalidade e expressividade.

Lugares limitados por categoria. Haverá uma lista de marcas e modelos elegíveis no site do Classic Days.

Classic VINTAGE
 
 
Categoria Mista de Veículos Clássicos Importados das 
marcas relacionadas na lista de marcas e modelos elegíveis 
no site do evento SE7EN Classic Days, com mais de 30 anos.
Classic PRESTIGE

 
Categoria Mista de Veículos Clássicos Importados 
das marcas relacionadas na lista de marcas e modelos elegíveis 
no site do evento SE7EN Classic Days, entre 20 anos. e 30 Anos.
Classic GRAND PRIX

 
Categoria Mista de Veículos Clássicos Importados de Corrida 
das marcas relacionadas na lista de marcas e modelos elegíveis 
no site do evento SE7EN Classic Days, a partir de 20 anos.
Classic LADIES

 
Categoria Mista de Veículos Clássicos Importados
pilotados por Mulheres. A organização do Classic Days 
irá priorizar modelos Conversíveisexpressivos dentro 
do espirito descontraído da categoria.
Veículos Clássicos a partir de 20 anos.

Lugares Limitados. A organização do evento irá priorizar a seleção de modelos e series especiais.

Tempo em Pista:

Todos os participantes entrarão em pista pelo menos 3 vezes.
- 1 (uma) Sessão de Treinos de 20 minutos em pista para treinar e escolher seu tempo de volta ideal.
- ​2 (duas) Sessões de provas de Regularidade de 30 min cada.


Facilidades e Serviços Incluídos:

- Acesso ao espaço “Racing Center Velo Città”
*Centro de Conferencias, Sala de Briefing, Expo Car, Bar, Restaurante (Buffet), sonorizado e 
totalmente climatizado com Ar Condicionado, com 800 m² de área.
- Recepção e Café da manhã, Lounge SE7EN nas Boxes do circuito e no “Racing Center”
- Atendimento e Briefing.
- Almoço em local climatizado com Ar. Condicionado.
- Bar de Apoio, lanche e Bebidas antes e após o almoço.
- Embelezamento (acabamento) e Limpeza do seu veículo.
- Inspeção técnica de Segurança.
- PIRELLI Check-Point
- Fotografia em setup de Estúdio Profissional captada por um Fotógrafo especializado.
*para os participantes que estiverem vestidos à caráter (Estilo Classic Days).

Como Participar:

Fatores como, marca, modelo, expressividade e principalmente estado de conservação do seu veículo,

 serão analisados com a máxima isenção e profissionalismo.

Você receberá a resposta no prazo máximo de 24hs.
A Organização do Classic Days irá enviar um e-mail aprovando ou não a sua inscrição
e informando dados para pagamento.
Poderá faze-lo por cartão de crédito pelo nosso Website, ou ainda por deposito Bancário.

Envie o seu pedido de Inscrição para evento@classicdays.com.br com os seguintes dados:

Nome:  
Sobrenome:
e-mail:  
Tel. Celular:

Categoria Pretendida:
Veículo:
Marca, Modelo, Ano, Versão.

caso queira, mencione uma Característica Especial.
*Não esqueça de anexar 4 (quatro) fotos (ou mais) em boa definição do seu carro, 
sendo pelo menos 1 (uma) delas do interior do veículo.​


Tickets e Credenciais:

Piloto e Navegador                           R$  1.000,00
                             *Comprando até 19/02/13 pelo site ou pelo Tel.: (11) 98833-8829

Convidado Extra                                               R$     200,00
                             *Comprando até 19/02/13 pelo site ou por Tel.: (11) 98833-8829
                             *Acesso a todos os Lounges, porém sem acesso as competições em pista.
                             *Limitado à aquisição de apenas 2 (dois) convidados extras 
por cada credencial de Piloto e Navegador.





Piloto e Navegador                                R$  1.500,00
                             *Comprando Depois de 19/02/13, até dois dias antes do evento pelo site
                                                                                                             ou por Tel.: (11) 988 33-8829

Convidado Extra                                     R$     300,00
                             *Comprando Depois de 19/02/13, até dois dias antes do evento pelo site
                                                                                                             ou por Tel.: (11) 988 33-8829
                             *Acesso a todos os Lounges, porém sem acesso as competições em pista.
                             *Limitado à aquisição de apenas 2 (dois) convidados extras 
por cada credencial de Piloto e Navegador.

ATENÇÃO!!!
                   A organização negociou condições especiais de Transporte e Seguros especiais para o evento.
             
Informações envie e-mail para evento@classicdays.com.br ou vejam o site www.classicdays.com.br .


Automóveis BMW: Puro Prazer de Dirigir 

Antonio Munhoz
BMW Car Club Brasil
BMW Clubs Federação Latino Americana
Presidente