sábado, 29 de setembro de 2012

PARIS: CHEVROLET TRAX

A primeira novidade do Salão de Paris apresentada no MP é o futuro SUV pequeno da GMB. Montado na plataforma eficiente e moderna do Sonic. ele , na Europa, vem com um turbo diesel de 130 CV e 32 quilos de torque que não teremos aqui. Infelizmente, pois deve ser a versão mais interessante, com todo esse torque O próximo motor é um 1.400 Turbo a gasolina de 140 CV e 21 quilos, também improvável no mercado brasileiro. O que deveremos ter é um 1.600 igual ao do Sonic, ou talvez nosso velho amigo 1.400 de um só comando, como no Agile.

FUSION 2012 BY JLV

O novo Fusion

Desde seu lançamento em 2005, o Fusion é o modelo mais vendido da Ford, e o quarto do mercado americano. Agora, com estacionamento paralelo automático, mais economia de combustível e estilo ainda melhor, ele tem boa chance de bater o perene líder de vendas de carros médios nos Estados Unidos, o Toyota Camry. Pode parecer estranho para nós brasileiros, acostumados com carros bem menores, mas o segmento de mid-size é o maior do mercado local, vendendo metade de todos os carros de passeio.
O lançamento do Fusion está sendo feito primeiramente em Nova York, depois em Miami, San Francisco e Dearborn (a cidade da Ford).
O Fusion agora custa a partir de US$ 21.700, abaixo do Camry e na mesma faixa dos Nissan Altima e Honda Accord, e completo chega a US$ 34.580. Os principais concorrentes nesta faixa são Altima, Accord e Chevrolet Malibu.
O motor básico é um quatro-em-linha 2.5 já existente no Fusion anterior, mas agora há quatro novos motores: um EcoBoost quatro-em-linha 1.6 (15,7 km/litro na rodovia), um EcoBoost 2.0 (14 km/l), um híbrido que faz 19,9 km/l na cidade) e um híbrido plug-in campeão de economia chamado Energi que faz 42,5 km/litro.
O Fusion vai ser vendido no mundo todo – e isso fez, por exemplo, com que os estilistas da Ford tivessem de substituir os faróis iniciais após o pessoal de vendas descobrir que os chineses os achavam sinistros. 

Internamente, o Fusion tem mais espaço atrás (bancos dianteiros mais fininhos). Entre os opcionais o sistema de entretenimento Sync comandado por voz, bem à frente dos concorrentes. Um sistema de ‘ponto cego’ avisa que vem carro quando o condutor inicia manobra de sair de vaga de estacionamento. Há ainda sistemas de manutenção de faixa e de estacionamento.


WWW.TECHTALK.COM.BR

THE ASIMOV ORCHESTRA....

THE ANIMUSIC.COM PROJECT: FANTÁSTICO....
e pensar que isso não está tão longe da realidade com a robótica industrial onde já chegou...






sexta-feira, 28 de setembro de 2012

ALTA RODA COM FERNANDO CALMON




Alta Roda nº 700 — Fernando Calmon — 25/9/12





META POUCO AMBICIOSA





Primeiro compacto produzido pela Toyota no Brasil aguça as análises. Afinal, o Etios é produto do atual maior fabricante de veículos do mundo, mas parece que faltou alguma coisa. O carro foi lançado em dezembro de 2010 na Índia. Claro que a marca japonesa fez modificações como melhor isolamento acústico, índice de rigidez da carroceria 15% superior, alguns materiais de acabamento diferenciados, porém o carro essencialmente é o mesmo.
Como não é oferecido com motor de 1 litro no exterior, já aparece em desvantagem de preço. Parte de R$ 30.000, no entanto com menos equipamentos que os rivais, pois o IPI onera em 4% seu custo. Em torno de 45% dos carros vendidos hoje têm motores de 1 litro, mas entre os compactos a proporção está próxima de 60%. Desconsiderar esse cenário talvez funcione para a versão sedã do Etios e nada no hatch.

CHRIS HARRIS E O PORSCHE 962

Harris pilota o vencedor de LeMans 1987 e entrevista o engenheiro seu criador, Norbert Singer:

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

MANUAIS NISSAN AGORA ESTÃO ONLINE

A Nissan do Brasil coloca os manuais dos proprietários de toda sua linha – March, Versa, Sentra, Tiida, Família Livina e  Frontier – para consulta e download em seu site (www.nissan.com.br). Os materiais não têm restrição de acesso e podem ser consultados gratuitamente a qualquer hora e baixados em formato PDF. Além do Manual do Proprietário, são encontrados o Guia Rápido de Uso, o Manual de Garantia e Manutenção e o livreto da assistência 24 horas Nissan Way Assistance. A iniciativa não visa substituir o manual tradicional impresso, mas, sim, oferecer uma ferramenta de busca de informações.

NO TEMPO QUE OS HOMENS ERAM HOMENS...

E OS CARROS ERAM CARROS DE VERDADE, NÃO GAIOLAS, BUGRES ESTILIZADOS MONOMARCA......O BRASIL VAI PELO MESMO CAMINHO...HONDA E PEUGEOT DE TRAÇÃO TRASEIRA.. MOTOR SMALL BLOCK CHEVY....O TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA... 
NA ARGENTINA, ONDE SE CURTE CARRO A SÉRIO OS CARROS DE TC SÃO VEÍCULOS DE SÉRIE PROFUNDAMENTE MODIFICADOS PARA CORRER, MAS SÃO HONDA, CHEVROLET, PEUGEOT DE VERDADE!



DE CARRO POR AÍ COM O NASSER





edita@rnasser.com.br             Fax: 55.61.3225.5511
Coluna 3912 26.setembro.2012


EcoSport da Honda só em 2014. No Salão o Adventure

Frustrou-se a expectativa da apresentação pela Honda no Salão do Automóvel, outubro, SP, do conceito de um pequeno utilitário esportivo. Seria baseado na nova plataforma do Fit. Virá, mas ao final de 2014, após a apresentação do novo Fit. A plataforma também servirá ao novo sedã pequeno de três volumes, a grosso modo substituto do City, - embora possa manter a denominação, em idéia de continuidade.
O pequeno SUV (Suve ?) adensará a concorrência, alinhando-se ao seguido Eco, ao concorrente Renault Duster, e aos próximos Chevrolet Trax, Peugeot 2008. Válidas as informações de Takanobu Ito, número 1 da Honda mundial em entrevista à imprensa, virá dois anos após a troca da família Fit, em 2013.
A última volta do parafuso no fim de ciclo do Fit será versão aventureira. Sem alterações mecânicas, mas apenas de decoração, neste caminho aberto – com inequívoco brilho – pela Fiat.

Onde
Quando se fala em carro novo para o mercado brasileiro, e no caso Honda autoridades do governo sentem calafrios ante a possibilidade da produção ocorrer apenas na fábrica recém inaugurada em Celaya, México. O país, com articulado projeto industrial, se transformou em produtor especialista em exportações ao Brasil. Entretanto, o governo federal tem apertado as regras para provocar a industrialização no Brasil, e limitado, por cotas, as exportações mexicanas. Assim, o onde fazer é dúvida. Há que se considerar a produção da plataforma no Brasil e a montagem em Campana, Argentina.
Ainda de Honda e Salão, pequenas alterações em Fit, City e Civic para marcar a modelia 2013.
-----------------------------------------------------------------------------------------
Conceito Honda SUV pequeno
-----------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

EROS SOBRE RODAS...

Para levantar os espíritos nesta Quarta Feira fria e chuvosa.... 
Como diriam meus jovens amigos, só filé... 
Uma voltinha com os amigos pela Inglaterra rural...

terça-feira, 25 de setembro de 2012

OPALA SS 1978 ROUBADO, MAIS UM QUE SE VAI...

atualização: O carro foi encontrado ontem  25/9! é a força da união dos internautas em ação!


Mais um Opala roubado. Pelo jeito esse é o modelo antigo da vez. Trata-se de um SS 1978 branco, placa CEG-8195 (Caieiras-SP). O carro desapareceu por volta das sete da noite deste domingo, no Bairro do Limão, em São Paulo, Capital.. Contatos com Valder Quintale, pelo telefone (11) 9110-2884 ou e-mail valder@resilider.com.br

1967 LAMBORGHINI 400 GT 2+2 COM JAY LENO

Este carro tem 400.000 km rodados com  muita manutenção: já fez o motor cinco vezes e a caixa quatro....E o cara diz que o carro é melhor  e mais confiável que um Ferrari... O que não deixa de ser mesmo... Mas é lindo e está muito inteiro, e é usado todos os dias como carro de uso desde 1972.



segunda-feira, 24 de setembro de 2012

O MUSEU DE BRASILIA FOI LACRADO !!!!

Posted: 20 Sep 2012 11:19 AM PDT
O próprio Roberto Nasser nos deu a notícia: às 9h30 desta quinta-feira o Museu Nacional do Automóvel foi lacrado.

No meio automobilístico-cultural brasileiro, o AUTOentusiastas institui o dia 20 de setembro como sendo o "Dia da Infâmia".

Continue a subscrever a petição pública. É importante não esmorecer.

http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=apoiomab

O AUTOentusiastas e o MAHAR PRESS compartilham a dor de Roberto Nasser, curador do museu, esperando que não se deixe abater por este obstáculo.

BS

ALL THE BONDS: A COMPILATION

domingo, 23 de setembro de 2012

DIA 29 TEM NEW CLASSICS NA LAGOA!


Amigos,


Divulgo mais uma vez o nosso Evento.

Contamos com a presença de todos, seja com clássicos ou novos clássicos!
:)

Está chegando a hora de mais um Encontro New Classics!


Compareça e traga o seu Novo Clássico 80`, 90`e 00` nacional ou importado (ou o seu Clássico!) para novamente criarmos aquele ambiente saudável e de interação entre boas pessoas, boas marcas/modelos, curtição e descontração entre clubes e pessoas!

Então vamos aparecer e trazer todos os amigos de volta, assim como prestigiar os novos frequentadores e suas respectivas máquinas !



Data: 29/09/12 a partir das 14h.

Local: Parque dos Patins Lagoa (
http://goo.gl/maps/Omx9)
Estacionamento: Controlado pela Prefeitura. Valor R$2,00.


MILLE MIGLIA COM STIRLING MOSS


Neste episódio de epic Drives Angus Makenzie percorre o traçado da Mille Miglia em uma SLS e entrevistaa o mítico vencedor de 1955, Stirling Moss. A media foi de mais de 160 km/h nas estradinhas que se vê no vídeo, só que mais estreitas e sem  a sinalização. Um detalhe foi que o co piloto, o não menos mítico jornalista Denis Jenkinson, inventou um sistema de notas junto com John Britten usado até hoje me Rallyes de velocidade: um rolo de papel com a descrição completa dos 1600 km do percurso de Brescia a Roma e volta curva por curva com uma boa noção dos limites de cada uma. Moss diz que isso salvou-lhes o rabo em várias ocasióes onde ele binha a mais de 300 por hora na Mercedes e freou no ultimo momento orientado por "Jenks". Sem duvida uma tocada épica do tempo qu e os homens eram homens e andavam na estrada... Essa Mercedes tem só 261 CV a mais do que a original 300 SLR, mas pesa feito um porta avióes, com toda a vida moderna na sua estrutura...Divirtam-se!

sábado, 22 de setembro de 2012

DE SOTO JAY LENO

Um dos prazeres pervertidos que tenho é andar em um carro assim como esse. Todo mundo  tem um carro bonitinho, polido (nada contra) e eu ando num carro que me traz alegria e prazer, não preocupação se alguém vai passar uma chave nela ou bater nos para choques meio tortos e enferrujados. .. Mas com uma mecânica soberba e uma suspensão emocionante, pneus Michelin e uma capacidade de fazer curvas inacreditável para um Opala...A GMB nunca os fêz assim... Rat Rods Forever!
Essa Chrysler New Yorker com um clipe dianteiro DeSoto, realmente como o Seu Icon diz, muito mais bonito, mascara uma mecânica de Chrysler moderno, um 300 Hemi 6,1 V8 com tudo que a boca come e uns detalhes que só uma alma pervertida como a nossa, minha e dele, poderiam curtir. Um carro que abusa do direito de er legal! Eu quero!
Uma execução primorosa e, como diz o Leno, nunca mais detalhar um carro para exibir em shows!

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

345 ANOS DA PENHA COM CHEVROLET


Prezados Amigos e Associados,

Participem conosco das comemorações do 345º Aniversário do tradicional Bairro da Penha.

Como nos anos anteriores, o Clube do Chevrolet estará presente.

Faça sua inscrição por e-mail info@clubedochevrolet.com.br  ou se preferir ligue (11) 2977-6870 com D. Ivani


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

ALTA RODA COM FERNANDO CALMON







Alta Roda nº 699 — Fernando Calmon — 18/9/12



CUIDEM-SE OS OUTROS






A chegada de mais uma marca oriental produzindo no Brasil vai acirrar e muito a competição pelos compradores. A Hyundai ergueu a fábrica de Piracicaba (SP) em tempo recorde e, mais do que isso, estudou com bastante cuidado as peculiaridades do mercado. Primeiro de três produtos, o compacto HB20 é específico para o Brasil, muito diferente do Eon, que produz na Índia, ou o Solaris, russo. Contrariamente ao usual, o europeu i20 é que terá, dentro de dois anos, o jeitão do modelo brasileiro.
Os sul-coreanos manterão a convivência de duas redes de distribuição. Produtos montados em Anápolis (GO) pelo Grupo Caoa e os importados ficam como estão. O novo carro será vendido por meio de rede à parte (pórtico azul identificador), de 130 concessionárias exclusivas, a partir de 10 de outubro. Assistência técnica, no entanto, será unificada (ambas atenderão todos os produtos). Esse processo será gradativo, ao longo de 2013, até chegar a 200 pontos. Estratégia que deixa brecha a explorar por concorrentes.
Embora o hatch HB20 seja oferecido também com motor de 1 litro/80 cv (primeiro três cilindros em automóvel nacional, depois do DKW-Vemag, de dois tempos, dos anos 1950), a Hyundai acredita que 60% terão motores de 1.6 l/128 cv. Ambos são de alumínio, multiválvulas e duplo comando variável. Diretrizes do projeto foram sofisticar o produto e mantê-lo, no mínimo, 1% abaixo do preço do Gol com o mesmo nível de equipamentos. Preços começam em R$ 32.000 e vão a R$ 43.000 (câmbio automático, mais R$ 3.000), em sete catálogos. Adiante, pode haver versão de R$ 28.000 (referência, IPI atual).
Há um truque, copiado dos Nissans March/Versa. Airbags são de série, mas freios ABS só nas versões de R$ 38.000 (motor 1,0; superequipada) ou de R$ 37.000 (motor 1,6; menos equipada). No geral, o HB20 surpreende pelo nível de acabamento, escolha de materiais e regulagem de altura e distância do volante (como o Gol). No entanto, parafusos aparentes atrás dos para-sóis contrastam com o cuidado de ocultar os bicos do lavador do para-brisa (em geral sobre o capô). Ao mesmo tempo em que existe bom apoio para o pé esquerdo, a regulagem de altura do banco do motorista limita-se ao ângulo do assento.
Seu estilo, além de moderno, é bem atraente com elegantes vincos laterais. Graças aos 2,50 m de entre-eixos oferece espaço para pernas no banco traseiro equivalente ao Palio. Espaço atrás para cabeças também é bom, apesar de refletir algum desconforto do assento baixo. Portas traseiras, porém, dispõem de grande ângulo de abertura. Porta-malas, de 300 l (segundo a fábrica, 10% maior que os rivais) e tanque, de 50 litros, 10% menor que o do Gol.
O carro é agradável de dirigir, mas suspensões poderiam ser um pouco mais firmes e direção um pouco menos assistida. Silêncio a bordo destaca-se entre os compactos. Caixa de câmbio manual de cinco marchas tem engates precisos; automático, quatro marchas, menos brilhante. O motor de 1,6 l impressiona pelo ímpeto de acelerar, mas abaixo de 2.500 rpm mostra alguma lentidão de resposta. O de 1 litro surpreende pela suavidade em baixas rotações e timbre de escapamento diferenciado. Ambos são os mais potentes do segmento, mas em torque perdem para o Gol (motor de menor cilindrada) e para o Palio (no de maior cilindrada).
A Hyundai poderia até vender o carro mais barato. Optou por aumentar a garantia total para cinco anos, sem limite de quilometragem (uso comercial, 100.000 km), além de segurar os preços de revisões, a cada 10.000 km ou um ano.

RODA VIVA

APESAR do recorde de vendas do mês passado, alcançado pela combinação de demanda reprimida, menos imposto e juros menores, participação dos motores de 1 litro nas vendas totais caiu. Encolheu de 41,7% em julho, para 40,9%, em agosto. Entretanto, ainda representa posição média acima de 60%, quando considerados apenas os modelos compactos.
FORD está pronta para produzir em São Bernardo do Campo (SP), no início de 2013, além do novo Fiesta hatch (retocado e alinhado ao modelo europeu que estreia no fim do mês), a versão sedã, mais adiante. Esta continuaria sendo importada do México, mas existem dúvidas sobre o futuro do acordo comercial que inclui também Brasil e Argentina.
POUCOS comparam preços de modelos equivalentes entre Brasil e Europa. Monovolume Dacia Lodgy, candidato à produção no Brasil pela Renault, teve preço anunciado a partir de R$ 38.000, versão a gasolina, de 1,2 l. O Spin, motor de 1,8 l e mais equipado, parte de R$ 44.500. Igualadas cargas fiscais e conteúdos, o Chevrolet fica um pouco mais barato que o romeno.
SEMANA Nacional do Trânsito (18 a 25 de setembro) terá ação do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV). A organização desenvolveu campanha diferenciada sobre o tema acidentes de trânsito, focando no cidadão. Para a ONSV, somente com mudanças de atitude se conseguirá reduzir o alto índice de mortes (estimado em 60.000 em 2012) e feridos (285.000).
____________________________________________________
fernando@calmon.jor.br e www.twitter.com/fernandocalmon


CLUBE DO CHEVROLET AGITA EM SAMPA


DE CARRO POR AÍ COM O NASSER






edita@rnasser.com.br             
Fax: 55.61.3225.5511

Coluna 3812 19.setembro.2012

Chrysler confirma Dart e Alfa, Pernambuco, 2014

Enfim, acabaram as especulações e Dodge Dart, Alfa Romeo e possivelmente uma variação de Fiat serão construídos na fábrica em implantação pela Fiat em Goiana, Pe. Maior volume será de novo carro pequeno, possivelmente o mais barato do país, a substituir o Uno bom e velho de guerra.
Informação oficial, dada por Sérgio Ferreira, diretor geral do Chrysler Group Brazil, em reunião com a inconciliada e insatisfeita rede de revendedores, para animá-la, desgostosa com os saltos nos preço dos Dodge, e a queda nas vendas.
Nada a ver
Se você associa o nome àquele automóvel com 5m de comprimento, 1.400 kg, e motor V8, 5.200 cm3 de cilindrada, esqueça. Dele, apenas o nome, indicando o produto mais barato da linha Chrysler.
Construtivamente será muito melhor, e do Dart as boas lembranças para os mercados dos EUA, México, Venezuela e Brasil. Agora, menor, construído sobre a plataforma boa, resistente, agradável de uso, ex- Marea sedã e SW, base dos novos produtos para as marcas Dodge, Alfa e, possivelmente Fiat. Motorização 1.4 Turbo, variações de potência de acordo com a decoração e propósitos de cada marca, entre 150 a 200 cv, transmissão mecânica 6 velocidades ou automática com duas embreagens, projetos da FPT, empresa Fiat.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

AJUDE A SALVAR O MUSEU DO AUTOMÓVEL DE BRASÍLIA!!!


Dostoievski, escritor russo, um dia fez um poema:  primeiro eles vêm e pisam nas flores do seu jardim. Depois no seu pescoço. O Museu de Brasília é uma instituição, como falo no vídeo da Teresa Gago, do maior valor histórico, mas o Nasser nunca foi uma vaca de presépio ao aprovar todos os atos do Governo "democrático" que, assim, lhe deu o pago de suas posições corajosas.
Sinceramente, eu pensei que esses tempos de escuridão política tivessem terminado em nosso país... Que hoje em dia não se fizesse mais a prática do passado liberticida que tanto sofrimento trouxe aos Brasileiros...Uma lagrima solitária me escorre da face.
Vejam os vídeos e assinem a petição publica no site, deem o seu apoio a essa causa!




UM CAMINHÃOZINHO MACK...

BUFFALO ANTI MINAS TERRESTRES...ESSE É BARATINHO, SÓ 367 MIL DÓLARES

PUNTA TACCO COM ROBERTO AGRESTI



O mágico número 1.000
Como cilindrada, é para muitos depreciativo, mas pode significar alta tecnologia de acordo com os resultados obtidos



Com o “pé no porão”, como se usa dizer no meio automobilístico, fazia uma viagem de 1.000 quilômetros só para namorar no fim dos anos 70. Na época não tinha essa de radar para nos pegar em excesso de velocidade: radar era coisa de filme de guerra e ponto. O medo da multa não era tecnológico, e a guerra era mesmo visual: com o olho apertadinho tentava enxergar lá longe, no horizonte, o vigilante rodoviário (vamos, Lobo!) no manjado mocó de binóculo na mão, cronômetro na outra e sorrisinho sádico de “te peguei” na face.
Algumas vezes me pegavam — a estonteantes 100 km/h onde o limite era 80. Mas em uma ocasião quase beijei o guarda quando me disse que me pegou a 140 km/h no meu Fiat 147 com motor de 1.050 cm³. Cento e quarenta? Repita, 140? Mais alto, para o mundo ouvir!!!
Seria a glória se fosse verdade, para contar para os amigos, parentes, filhos e netos, emoldurar a multa e coisa e tal. Nos testes das revistas da época a velocidade máxima declarada do primeiro dos Fiats de Betim, como o meu, era algo como 136 km/h. Imagine.
Todo esse flashback me veio à mente nos últimos dias ao volante do Gol BlueMotion de motor 1.000, na rodovia dos Bandeirantes, com o “pé no porão” como nos velhos tempos, batalhando para manter uma velocidade razoável — aliás, bem para lá de razoável —, mas às voltas com um forte vento contrário e, na ocasião, o indispensável ar-condicionado ligado.
Sim, o número 1.000 gera lembranças. Vamos a mais algumas.
Lembrei também que li por aí algo que achei uma barbaridade: a Ford estaria receosa de lançar no Brasil seu fenomenal motor EcoBoost de 1,0 litro, a mais recente joia tecnológica da marca. Tal engenhoca, com três cilindros e turbocompressor — e com os tais 1.000 cm³ —, consegue “falar” mais de 125 cv , estando cotado para equipar nosso novo Focus. Na Europa até o novo Mondeo, mesmo carro que teremos aqui como Fusion, terá uma versão de entrada com o pequeno e valente EcoBoost.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

O PARAFUSO NÃO SAI?

TODOS NÓS QUE GOSTAMOS DE MEXER EM CARROS JÁ TIVEMOS UM MALDITO PARAFUSO QUE NÃO CEDE, NORMALMENTE O ULTIMO, COMO DIRIA MURPHY... AGORA EXISTE UMA SOLUÇÃO ELEGANTE E GENIAL QUE NÃO SEJA A DITA PORRADA "TÉCNICA" OU A SOLUÇÃO LUSITANA COM A MARRETA:



Prós e contras dos diesel by JLV



O motor diesel é muito mais eficiente que o motor Otto (gasolina ou álcool), mas solta mais emissões tipo óxido nítrico e dióxido de nitrogênio – duas emissões que os conversores catalíticos podem minimizar ou mesmo eliminar, precisando porém de platina que está custando algo como US$ 53 o grama. 

Um grupo de pesquisadores da empresa Nanostellar de Redwood, na Califórnia, desenvolveu um catalisador mineral que funciona melhor que a platina e custa muitas vezes menos. A subida violenta do preço internacional teve como razão uma disputa violenta entre operários e donos de empresas mineração na África do Sul. Por outro lado, a Organização Mundial de Saúde classificou o escape dos motores diesel como carcinogênico, aumentando tremendamente a demanda por 

conversores catalíticos em muitas centenas de milhões de veículos por ano. 


O grupo da Nanostellar, liderado pelo cientista Dr. Kyeongiae Cho, catedrático de ciências de materiais, engenharia e física da Universidade do Texas em Dallas e co-fundador da Nanostellar, provou que um catalisador mineral seria uma alternativa mais barata. Relatando suas descobertas no número de 17 de agosto da Science, Cho diz que a modelagem em computador mostrou que o melhor substituto em termos econômicos é o mullite, um silicato mineral descoberto na Ilha de Mull, na Escócia, em 1924. Ele é raro na natureza, mas uma sua versão sintética é produzida comercialmente para uso em vários tipos de porcelana. Seu ponto de fusão é de 1840 graus Celsius, e como óxido mineral de fase mista funciona como um bom catalisador.

Melhor ainda, testes de laboratório mostram que como parte de um conversor catalítico, deixaria passar 45% menos emissões do que a platina. Diz o Dr. Cho “Nosso objetivo de abandonar completamente o uso de metais preciosos e substituí-los por óxidos encontrados comumente no meio ambiente foi atingido. Descobrimos novas possibilidades de criar tecnologias limpas e renováveis de energia sem ficarmos limitados pelo suprimento de metais preciosos.”

O novo catalisador, chamado Noxicat, será desenvolvido para uso comercial e como base de trabalho planejado para aplicação em células de combustível. 


José Luiz Vieira - www.techtalk.com.br

A CAIXA PRETA VEM AÍ...


domingo, 16 de setembro de 2012

ALTA RODA COM FERNANDO CALMON




Alta Roda nº 698 — Fernando Calmon — 11/9/12


CEDO PARA PREVISÕES








Extrapolar a barreira de 400.000 unidades vendidas em um único mês, enquanto o crescimento do País patina em torno de 0,5% ao ano, são dessas coisas típicas do Brasil. Agosto, ajudado também por ser o mês mais longo do ano, com 23 dias úteis, bateu recordes: 420.000 veículos (inclui caminhões e ônibus) comercializados, 28% acima de agosto de 2011 e 5,5% superior, no acumulado dos oito primeiros meses.
A produção, também recorde, de 329.000 unidades, no entanto, cresceu apenas 1% (mês contra mês) e no acumulado, 7% de queda. Não é bom sinal por demonstrar que as exportações em baixa deixam de gerar empregos aqui. Hoje, menos de 15% da produção vai para o exterior, quando o ideal seriam 25%, no mínimo. Boa parte da falta de competitividade deve-se ao real valorizado, mas os custos elevados só agora começam a ser enfrentados com a anunciada expansão da infraestrutura e menos impostos sobre energia elétrica. Anteriormente, a carga fiscal sobre a mão de obra havia sido levemente aliviada.

O SOM DOS ELÉTRICOS...

Um dos perigos de um carro elétrico é seu silêncio. Particularmente mortal para os cegos, os elétricos japoneses estão tendo planejados agora sistemas de som sintetizado por computador que podem reproduzir os sons de motor de uma variedade de veículos, inclusive esse do fídeo, que clona um Fórmula Um parando, arrancando e freiando....
já pensou nas imensas possibilidades de um sistema desses, com um possível repertório ilimitado de canções motorizadas para o deleite de um coração gasolinômano: um dia de BMW six big block, outro de small block, naturalmente belos v8 americanos de virabrequim cruzado ou italianos de vira plano de Ferrrari, o dia, claro, de Alfa GTA e depois de V6, a loucura de uma Yamaha R1, um Lamborghini marítimo V12, o V16 Cadillac, o diabo a quatro! pelo menos o futuro esverdeado guarda algum prazer...

sábado, 15 de setembro de 2012

SÁBADO É DIA DE SWING...





As atrizes não sabiam tocar nada antes do filme. Foram todas para a Escola da Yamaha e aprenderam com a habitual precisão japonesa, tanto que não tem karaokê nem playback ao fundo: são elas mesmo que tocam! Procure no Youtube os outros vídeos delas: Bem divertida a Orquestra de "Benny Goodman" Japan!



UM BARRACUDA SOBE O MORRO...

Julius, The Sandman, manda um vídeo do Plymouth Barrracuda recordista da classe de carros V8 Ponycar ou coisa parecida em Pikes Peak, a famosa subida de montanha americana. O carro é lindo, com umas rodas perfeitas para ele, mas o cara toca de um jeiro estranho... Como diria meu Tio Robert Sharp, uma tocada inusitada onde as curvas são feitas com o pé na embreagem.... Também se o carro tem um V8 Hemi 426 sete litros, o motor é uma ancora de porta aviões pendurado na frente do carro. Não injustificadamente era conhecido como " The Elephant Motor".... Acelerou em curva a frente sai lavando ou a haca roda...
Mas o motor deve ser um canhão,pois leva o  recorde de 20 KM em 12 minutos, m ou seja, média de mais ou menos 100 km/h... Fazer isso ali é pra homem de peito cabeludo...
Preste atenção  em outro carro lindo que aparece duas vezes, um carro que eu teria amorosamente: um Cadillac Sedanette 1949 pret, igual em aparência e cor a uma velha amiga hoje em dia mumificcada em um galpão e infelizmente morta pra vida do asfalto....

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

SAIU NO GLOBO:PLACAS PERSONALIZADAS

RIO HARLEY DAYS COMEÇA HOJE!

COM SUA FELIZ MISTURA DE ROCK  E MOTOS, NO SÁBADO PRÓXIMO COMEÇA MAIS UM FESTIVAL DA HARLEY NA MARINA: CONFIRA QUI O RELEASE:
 Evento internacional da marca ocorre entre os

dias 14 e 16 de setembro, na Marina da Glória

O Rio Harley Days 2012, maior evento da Harley-Davidson na América Latina, começa nessa sexta-feira, dia 14 de setembro, e promete agitar o público carioca e visitantes de todo o Brasil. A segunda edição terá atrações para clientes, entusiastas da marca e, principalmente, fãs de música. Durante os três dias do Rio Harley Days 2012, haverá shows das bandas Skank, Ultraje a Rigor, Rock Session com Marcelo Nova, Nasi e George Israel, Rockstock, Elvis Cover, Rolling Stones Cover e Rio Rock & Blues Band.
“O Rio Harley Days 2012 é a opção ideal para quem curte boa música e entretenimento completo, seja entre amigos ou com a família, em um cenário paradisíaco. Nessa segunda edição, buscamos melhorar ainda mais a infraestrutura do evento para oferecer uma experiência premium com a nossa marca”, afirma Júlio Vitti, gerente de Marketing, Produtos e Relações Públicas da Harley-Davidson do Brasil.
Para atender os visitantes, o Rio Harley Days 2012 terá uma área de alimentação completa, com restaurantes e bares. O espaço reúne restaurantes como Si Señor, Rota 66, Koni Store e Krepes Paris. Para aqueles que preferem algo mais rápido, estarão na Marina da Glória opções famosas, como Batata no Kone, Rei do Dog, Pizza Grupo Barros e Burgueria. No evento, também estarão presentes os chocolates da Cacau Show e sorvetes Nestlé.
Os apaixonados pelo mundo das duas rodas terão ainda test rides, concurso de modelos customizados, atividades infantis, área especial para os membros do HOG, loja de acessórios e MotorClothes®, demonstração especial de manobras, além, é claro, do tradicional desfile de motos, que ocorrerá no domingo de manhã.
O evento será realizado na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, e está sendo organizado mais uma vez em parceria com a Playcorp e com apoio da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, por meio da Riotur.
Serviço – Rio Harley Days 2012


Quando: De 14 a 16 de setembro
Horário: das 18h à 1h (sexta-feira), das 10h às 1h (sábado) e das 10h às 20h (domingo)
Local: Marina da Glória - Rua Infante Dom Henrique, s/n, Glória, Rio de Janeiro, RJ
Faixa etária: Livre - menores devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis
Site: www.rioharleydays.com
Hashtag oficial: #rioharleydays2012
Facebook oficial: harleydavidsondobrasil
Ingressos: 2º lote de ingressos
Sexta-feira ou domingo: R$ 96,00 (H.O.G. com garupa), R$ 192,00 (não associados)
Sábado: R$ 142,00 (H.O.G. com garupa), R$ 284,00 (não associados)
Pacote três dias: R$ 238,00 (H.O.G. com garupa), R$ 476,00 (não associados)

- A meia entrada é válida somente para os não associados ao HOG. Os membros do HOG possuem uma tabela especial de desconto. A meia entrada é válida também para menores de 21 anos e maiores de 60 anos

- A doação de um quilo de alimento não-perecível ou uma lata de leite em pó também garante o pagamento de 50% do valor do ingresso

- Crianças até 12 anos de idade não pagam

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

GINCANA ESPORTIVA EM 1949 - CAMBUQUIRA, MG...

SAIU NO FRÁVIO GÓMEZ, O ULTIMO RESISTENTE DE SIERRA MAESTRA...MEU PAI ANDAVA POR LÁ NESSA ÉPOCA E SE PARECIA COM UM DOS PILOTOS... QUEM AINDA LEMBRA DE GINCANAS? TEMPOS INOCENTES...

SID WATKINS, R.I.P.


Anjos do Asfalto

Morreu ontem aos 84 anos o Dr. Sid Watkins, meu ex patrão na Formula 1.  Quando ele me convidou para pilotar o Medical Car da Formula 1, nunca imaginei que isso me tornaria o homem certo, no lugar certo e na hora certa para uma missão tão sob medida, específica e única: De vítima em potencial de um esporte que matava um piloto a cada 10 acidentes, passei a fazer parte do "time dos anjos da guarda " da F1 sob o comando do Prof. Watkins. Ao volante do Medical Car eu poderia levar salvação para o corpo e alma dos que ganham a vida no fio da navalha em um contexto divorciado dos valores do Reino de Deus.   

DE CARRO POR AÍ COM O NASSER







edita@rnasser.com.br             

Fax: 55.61.3225.5511

Coluna 3712 13.setembro.2012


Hyundai HB 20 inicia novo ciclo do mercado nacional

Bom, garantido por cinco anos, representante do atual conceito de insuperável qualidade coreana, o Hyundai HB 20 – H de Hyundai, B de Brasil, 20 da plataforma – chega ao mercado em outubro. Como diz o título, inicia novo movimento no mercado dos carros brasileiros. Junto com ele, o Toyota Etios, com vendas também em outubro, e o Honda Brio, para 2013, são as grandes referencias, os concorrentes a ser perseguidos pelos carros ora existentes no mercado nacional, em especial os do segmento de preço entre R$ 20 mil e R$ 30 mil – VW Gol, Fiat Palio, Ford Fiesta, e o Chevrolet Classic em fim de linha. É o segmento onde as 4 maiores dominam 94,8% das vendas – e novos concorrentes querem se fazer presentes para atender à faixa de ascensão econômica de novos clientes.
Os três novos tem característica comum: foram formatados para mercados em desenvolvimento, os BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul. No específico, todos já estão na Índia.
A Hyundai adotou estratégia inteligente vindo ao mercado com veículo menor, com plataforma para uso confortável a quatro passageiros, capaz de gerar versões como hatch, sedã 4 portas, utilitário esportivado e, se o caso, picape, exatamente no segmento de maiores vendas, além de permitir motorização de várias cilindradas. A linha comum, de atualização tecnológica, é o emprego de motor 1.0 com três cilindros, 12 válvulas – único no Brasil – e o 1.6, aqui conhecido por equipar os Kia Soul e Cerato. A Kia, todos sabem, é marca Hyundai e com ela divide componentes. Boa característica dos motores é a atualidade tecnológica, medida pela potência fornecida, respectivos 80 e 128 cv, as maiores do país nestas cilindradas. Os veículos se compõem com câmbio mecânico de cinco velocidades e opção automática, com 4 marchas – anteriormente empregadas em Soul e Cerato – para motor 1.6. Em termos de refinamento, a versão de topo terá comandos de som no volante.

UM FLXIBLE PRA VIAJAR

Uma obra de arte. um onibus Flxible VL100 igual aos que o Expresso Brasileiro importou nos anos 50 para fazer frente aos GM Coach PD4104 da COmeta. O problema foi que o dono da Cometa era deputado e poderoso, o que causou anos de alfândega para esses ônibus muito legais...Coisas do Brasil que mudaram pouco. Mas esse tem um belo GM Detroit Diesel 8V53 de sete litros e uns 350 cavalos...Só não gostei da caixa Fuller manual de 5+5 marchas, com as marchas invertidas. Já que o construtor botou uma direção assistida, podia ter mandado uma automática Allison de seis marchas e poupado o trabalho de passar machas em uma caixa seca, o que não deixa de ser uma arte, de qualquer forma... Há mais dois videos deles na lista do Youtube, com os mínimos detalhes. O cara deve etar mal de saude mesmo para ter que vender sua obra de arte...uma pena...

MONACO DE BUGATTI 35...

VEJA PORQUE ELAS GANHAVAM TUDO, MAIS DE 900 CORRIDAS ATÉ 1939...

ENCONTRO NA GRANJA VIANA É NO DOMINGO!




CLÁSSICOS na GRANJA - 3a. EDIÇÃO
ENCONTRO de ANTIGOS da MOBILIDADE
CARROS ANTIGOS - CLASSIC BOATS - MOTOCICLETAS ANTIGAS

DIA 16/09/2012 Das 9:00 as 15:00h
No THE SQUARE GRANJA VIANNA:
ROD. RAPOSO TAVARES Km 22 (SENTIDO INTERIOR)
São Paulo/ SP
inscrições e informações: www.classicosnagranja.com.br 

Qualquer dúvida, fique a vontade para entrar em contato!

contato@classicosnagranja.com.br
11 5011 9111


Associação Clube do Carro Antigo do Brasil
www.clubedocarroantigo.com.br

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

UM RELÓGIO PININFARINA...


A Casa Pininfarina ficou mais conhecida por desenhos memoráveis de Alfa Romeo, Ferrari e Maserati, todas elas objetos de desejo masculino, daí a referência feminina...mas nas ultimas decadas a Pininfarina teve um portfólio que foi muito mais longe que o projeto de automóveis de sonho como os bólidos vermelhos ou de realidade como alguns dos mais belos Peugeot.
Mas agora a Casa perpetrou um relógio especialíssimo, uma apologia à pornografia mecanica, aquela forma de arte que só os iniciados na religião da maquina entendem: colaborando com a casa relojoeira Bouvet. 
A Pininfarina projetou um exclusivíssimo Tourbillon: O Bouvet Ottanta Tourbillon by Pinifarina foi projetado de forma que seu complexo movimento automático, uma fineza mecânica inigualável de fazer inveja a um carro de F1, tenha sua partes intimas exposta na frente e atrás, extremamente visíveis a olho nu.... O negócio é tão erótico que o relógio pode ser montado na correia dos dois lados, exibindo orgulhoso seus segredos horários, ou desmontado e posto em uma corrente para ser usado no bolso (para os mais pudico) ou um suporte de mesa, e só você saberá o prazer de ver as intimidades de uma máquina perfeita funcionando...